Newsletter

Deus quer falar com você!

Assine nossa Newsletter, e receba os melhores textos e mensagens!

English plantillas curriculums vitae French cartas de amistad German documental Spain cartas de presentación Italian xo Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

04 abril 2018

Livro: Cristianismo Puro e Simples - C. S.Lewis



“Meu argumento contra Deus era o de que o universo parecia injusto e cruel. No entanto, de onde eu tirara essa idéia de justo e injusto? Um homem não diz que uma linha é torta se não souber o que é uma linha reta. Com o que eu comparava o universo quando o chamava de injusto?” – C. S. Lewis, Cristianismo Puro e Simples



Muitas pessoas sentem dificuldade em se aproximar da fé cristã em razão das inúmeras divergências doutrinárias existentes de uma igreja para outra.

Mas a questão é: Jesus não fundou religião.

De acordo com grande parte dos etimologistas a palavra religião é derivada da junção do prefixo "re" com a palavra "ligare", que significa "unir". Assim, o significado da palavra religião seria religar o homem a Deus.
Nesse contexto, podemos afirmar que Jesus o Cristo é a própria religião, pois ele afirmou ser o caminho, a verdade e a vida. A única ponte para chegar até Deus.
Assim sendo, a única forma de nos religarmos ao pai é nos tornando cristãos, ou seja, seguidores, imitadores, discípulos de Cristo Jesus. E, para tanto, basta seguir os seus ensinamentos.
Então como explicar essa vasta gama de igrejas e denominações diferentes?
Após sua ressurreição Jesus ascendeu aos céus e deixou com seus apóstolos e seguidores a tarefa de levar as boas novas, seu evangelho, pelo mundo a fora.
E assim foi feito. Muitas pessoas se converteram e o número de cristãos aumentava a cada dia. Com o tempo, os seguidores de Jesus começaram a se organizar em grupos, conforme sua conveniência e afinidade e, assim, foi fundada a instituição igreja como conhecemos hoje. Importante frisar que não nos referimos aqui a visão bíblica da palavra "igreja" e sim a instituição em si, templo, denominação, doutrinas etc.
Ao longo do tempo, essa instituição foi se fragmentando, dando origem a inúmeras outras igrejas, com visões e entendimentos diferentes e cada uma delas elaborou suas próprias regras internas.
É por isso que hoje existem denominações que exigem o uso de determinada vestimenta; outras exigem que se guarde o sábado; outras definem um número maior ou menor de sacramentos e assim por diante.
A essas regras de convivência definidas em cada instituição denominamos doutrina. São regras elaboradas pelos homens, as quais não se confundem com a bíblia, essa sim, considerada a palavra do próprio Deus.


As questões que dividem os cristãos entre si, quase sempre envolvem pontos de alta teologia ou mesmo de história eclesiástica.

Umas das coisas sobre as quais os cristãos discordam é a importância de suas discordâncias. – C. S. Lewis, Cristianismo Puro e Simples

A criação de uma instituição, assim como a fragmentação, da mesma, veio, portanto, de uma necessidade humana. E Deus permitiu que assim fosse, para facilitar o nosso acesso a ele, pois, alguns gostam de música, outros não; alguns gostam de liturgia severa, outros não; no entanto, nada disso é importante para Deus. Mas, por ser importante para nós, é conveniente que haja opções de locais para congregarmos e fortalecermos nossa fé. Assim, poderemos escolher onde nos sentimos mais a vontade para seguir a Deus.
E é por isso que hoje trazemos a indicação desse livro fantástico. Nele encontramos o teor do cristianismo puro e simples, como o próprio nome diz. Ali contém todos os princípios básicos necessários para entendermos o estilo de vida cristão, estando totalmente isento de qualquer doutrina.
Trata-se de uma obra de fácil compreensão, a qual deveria ser lida por todos os cristãos a fim de alcançar a leveza pretendida por Jesus para os seus seguidores.
Isso porque, infelizmente, muitas pessoas acabam confundindo a palavra de Deus com a doutrina de sua denominação e isso traz uma confusão indesejada. (Clique aqui para ler o artigo Liberte-se dos estereótipos sociais)
Então, é sempre bom nos reciclarmos para ampliar e melhorar nossos conhecimentos na palavra de Deus.


Quando um homem melhora, torna-se cada vez mais capaz de perceber o mal que ainda existe dentro de si. – C. S. Lewis, Cristianismo Puro e Simples

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário