Pular para o conteúdo principal

Curiosidade: A origem das Etnias


Orlando Rubem Ritter é professor, natural de Porto Alegre e Formado em Matemática pela USP, é também mestre em Educação pela Andrews University, nos Estados Unidos. Além de ter sido diretor de faculdades e fundador de escolas, foi professor de Matemática e Física por mais de 30 anos, e professor de Ciência e Religião por mais de 40 anos. Foi também coordenador do curso de Pedagogia do Centro Universitário Adventista, campus São Paulo. 
É ele quem esclarece a origem das diversas etnias existentes no mundo, segundo a ótica bíblica e criacionista.
Segundo ele, as variações genéticas existentes entre as várias "raças" humanas, são mínimas o que permite a ciência a afirmar que todos os seres humanos descendem de um único ancestral. (Clique aqui para ler o artigo Curiosidade: projeto genôma encontra Adão). 

Então como explicar a diferença linguística e física dos povos?

Ritter alega que antes do dilúvio o mundo era um local bem diferente do de hoje em dia. Havia um único continente, denominado Pangeia, com clima e topografia típicos e diversos dos atuais, o que proporcionava um ambiente de relativa invariabilidade aos seres humanos.
No entanto, após o dilúvio e a separação dos povos por conta do evento relatado na bíblia como Torre de Babel, o isolamento geográfico em que as populações foram submetidas acarretou o surgimento das diferenças linguísticas e fisícas. Nas palavras do professor:

"se após o Dilúvio um grupo de indivíduos migrou para o sul da África, acabou se isolando totalmente dos grupos que viviam na Ásia, pois as viagens eram difíceis naquele tempo, e eles nunca mais voltaram a casar entre si. Em lugares quentes, como a África, a pele negra apresenta vantagem em relação à pele branca; então, os indivíduos que nasciam com pele mais escura levavam vantagem seletiva em relação aos indivíduos de pele mais clara. Com o passar de muitos anos e total isolamento reprodutivo (ou seja, esses indivíduos de pele mais escura não se casavam com os de pele clara, pois estavam isolados geograficamente), a pele gradualmente se tornou mais escura. Atualmente estamos vendo o processo inverso acontecer: devido às facilidades de transporte, as barreiras geográficas estão sendo quebradas. Pessoas de etnias diferentes estão se casando e gradualmente estão desaparecendo as diferenças marcantes entre as raças(BORGES, Michelson. Por que creio: Doze pesquisadores falam sobre ciência e religião. p.165)

Ritter acredita que as diferenças físicas e a criação das etnias foi uma providência divina, pois o ser humano precisava se adaptar ao estranho mundo pós-diluviano. Além do mais, o isolamento geográfico era uma forma de conter a maldade. 

Orlando Rubem Ritter.

* Clique aqui para ler o artigo Curiosidade: Variação do DNA humano iniciou há apenas 5.000 anos

Comentários