Pular para o conteúdo principal

Perdoe-se



Porque o Senhor não rejeitará para sempre. Lamentações 03:31

Que o perdão dos pecados necessita de um arrependimento genuíno, todos nós sabemos. Nós, inclusive, já tivemos a oportunidade de aprender a importância do perdão no artigo Perdão X Lei de Talião.
No entanto, de que serve se arrepender se o pecador se entregar aos grilhões da culpa?
A culpa tem sido um fantasma para muitas pessoas.
Culpa por não ter sido um bom pai, culpa por não ter sido uma boa esposa, culpa por não ter sido um bom aluno, culpa por não ter aproveitado uma oportunidade, culpa por ter praticado um crime, culpa por ter se rebelado contra Deus, culpa...
Infelizmente, algumas pessoas tem muito mais facilidade para perdoar ao próximo do que a si mesmo.
Isso, além de ser um erro, é um problema com consequências graves tais como a depressão, o desânimo, a baixa auto estima e, o pior deles: o afastamento de Deus.
Há pessoas que, fulminadas pela culpa por conta de seus erros, se afastam de Deus, por não se acharem dignos o suficiente do Pai.
Acontece que nenhum de nós é ou será suficientemente bom para Deus.Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus; Romanos 3:23
Portanto, não existe ninguém melhor ou pior do que o outro. Todos somos iguais para Deus, que nos ama com nossos defeitos e qualidades. Ele conhece todas as nossas limitações e, mesmo assim, ainda nos ama incondicionalmente. (Clique aqui para ler o artigo Graça Divina)

Isso significa que não há nada que possamos fazer para que Deus nos ame mais, assim como não há nada que possamos fazer para que ele nos ame menos.

A palavra nos ensina que Deus não nos rejeitará para sempre. Isso significa que, quando pecamos, o coração Dele se entristece, mas basta nos arrependermos desse erro para que ele seja esquecido. Quando nos arrependemos de verdade, Ele tem compaixão de nós e lança todo o pecado no mar do esquecimento. (Miquéias 7:19)
Mas ainda assim, tem gente que insiste em seguir se flagelando ao longo da caminhada.
Não faça isso!

Perdoe-se.

Não permita que o teu passado determine o teu futuro.
Não importa o que você fez ontem, há duas horas, há três meses ou há anos atrás. Importa é o que você fará do seu amanhã, com o aprendizado conquistado em suas quedas.

Você não pode mudar o ontem. Mas pode mudar o amanhã.

Entenda que Deus jamais rejeita um coração quebrantado. Ele jamais te rejeitará por causa dos seus erros, por mais terríveis que eles sejam.
Portanto, ao invés de andar pelos cantos consumido pela vergonha e pelo remorso: arrependa-se. Mas vá além, receba o perdão de Deus e PERDOE A SI MESMO.
Não importa quantas vezes você já tenha errado, Deus sempre está disposto a te perdoar, pois não há um limite para a sua misericórdia. A misericórdia de Deus não se esgota, ao revés: se renova a cada manhã. (Lamentações 3:23).
E nós devemos seguir o exemplo Dele e liberar perdão, não apenas para os nossos semelhantes, mas principalmente para conosco.
Seu passado não determina seu futuro e, muito menos, quem você é.
Liberte-se.
Perdoe-se.
Siga avante.

Comentários

  1. Excelente texto. Suas palavras são um verdadeiro bálsamo para a alma.
    Sempre visito o blog e sempre me surpreendo com o modo como as palavras me confortam e me ajudam a suportar as dores, angústias e aflições que carrego.
    Parabéns e obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A paz do Senhor, Charliston. Que bom que a palavra lhe trouxe alento e conforto. Obrigada pelo comentário, certamente o retorno dos leitores é que nos encorajam e motivam a prosseguir com esse ministério. Que Deus te abençoe.

      Excluir

Postar um comentário