Pular para o conteúdo principal

Nunca pare de lutar


Ao longo de minhas batalhas uma canção de autoria da pastora Ludmila Ferber sempre esteve em minha mente. Durante os momentos de maior dificuldade eu sempre trazia aquelas preciosas frases em minha memória e me impulsionava a prosseguir.



Há muitas coisas importantes que podemos aprender neste louvor.

1. A importância da adoração

Tivemos a oportunidade de aprender a importância da adoração no artigo Adore ao Senhor.
Durante as batalhas muitos acreditam que precisam clamar a Deus desesperadamente a fim de que suas preces sejam atendidas. Mal sabem essas pessoas que é justamente o contrário. Ao invés de pedir, devemos adorar ao Senhor. Ora, Deus conhece todas as nossas necessidades e não precisa que fiquemos repetindo dia após dia "Senhor me dê isso" ou "Senhor me dê aquilo". No tempo certo e da maneira certa

Ele nos suprirá.

Perceba que Jesus nos ensinou em Mateus 6:25 e 6:33 que não devemos andar preocupados com nossa vida, com nossas necessidades. Antes devemos buscar a face de Deus e a sua justiça, ou seja, seguir suas orientações em nossas condutas, e seremos supridos em tudo o que necessitamos.
Deus cuida de nós.
Não importa qual seja a sua necessidade: casamento, emprego, alimento, causas judiciais... Deus cuida de você. Ele nunca te abandona. (Clique aqui para ler o artigo Deus é sempre contigo).
Portanto, na hora da dificuldade ao invés de investir grande tempo em petições que Deus já conhece e, principalmente, já está providenciando a solução, invista na maior arma espiritual de todos os tempos: a adoração.

2. Não baixar a guarda

Outra coisa que esse louvor nos ensina é que devemos estar sempre alertas. "Em tempos de guerra, nunca pare de lutar". 
A maioria de nós tem a tendência de só buscar a face de Deus com intensidade no momento da dor. É por isso que Salomão afirma em eclesiastes 7:2 que é melhor ir a uma casa quando há luto, do que quando há festa. Quando estamos felizes e satisfeitos tendemos a acreditar que não precisamos de Deus e preferimos fazer as coisas a nossa maneira.
Diferentemente, quando estamos sofrendo, então nosso coração se quebranta e só então percebemos que precisamos realmente do Pai.

As coisas não devem ser assim.

É preciso entender que enquanto estivermos nesse mundo estaremos em constante batalha espiritual. Então não devemos descansar. Devemos vigiar, em todo o tempo, e orar para que possamos vencer todas as tribulações que nos acometerão e permanecermos de pé. (Lucas 21:36).
Ao longo desta batalha só encontraremos descanso em um único lugar: em Jesus. Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.Mateus 11:28
Portanto, não durma no ponto. Não espere para buscar a Deus somente quando precisar. Seja diligente, você precisa estar preparado para as adversidades antes que elas te alcancem e a única forma de fazer isso é estando constantemente conectado com Deus. Não seja preso de surpresa. Ore e vigie o tempo todo. (Clique aqui para ler o artigo Você já falou com Deus hoje?)

3. Qual estratégia é suficientemente forte para derrubar um filho de Deus?

Por fim, através desse louvor entendemos que não são as adversidades, mas a forma que reagimos a elas que determinará a nossa queda ou a nossa vitória.
O louvor enumera alguns problemas: traição, quebra de aliança, cansaço... e ao analisar assim, percebemos que todas essas situações, apesar de dolorosas, são infinitamente pequenas e frágeis demais para derrubar aqueles que andam de mãos dadas com o Deus altíssimo. Isto porque, se Deus é por nós, então ninguém é contra nós. (Romanos 8:31). A menos que sejamos nós a permitir que esses problemas nos afetem. (Clique aqui para ler o artigo Receba as bençãos de Deus)
Há um ditado popular conhecido que diz: "Não diga a Deus o tamanho dos seus problemas, mas sim, diga aos seus problemas o tamanho do seu Deus".

 É exatamente isso.

Entenda que Deus é por você. Deus é com você. Ele é o teu refúgio, a tua fortaleza, socorro bem presente na angústia! (Salmo 46:1).
Levante a cabeça e siga avante, entendendo que tudo está conforme a vontade de Deus e muito em breve a tua vitória chegará. (Clique aqui para ler os artigos Olhe com os olhos de Deus, Cultive a paciência e Você crê na soberania de Deus?)

Deus nos convida a nunca baixar a guarda. Vigiarmos e orarmos em todo o tempo, adorando ao Senhor com toda a nossa alma. Não se preocupe, ele tem cuidado de nós e nunca nos abandonará.

Comentários

Postar um comentário