y_iQTHpcL2aPfLTjWpDYVCgxr2k
English plantillas curriculums vitae French cartas de amistad German documental Spain cartas de presentación Italian xo Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Não faça distinção de pessoas


Não escolheu Deus os que para o mundo são pobres, para serem ricos em fé e herdeiros do reino que ele prometeu aos que o amam? Tg 2:5

Hoje pela manhã, enquanto eu conversava com Deus eu li um texto que me chamou muito a atenção no devocional diário chamado No Cenáculo. Ele foi escrito por um americano David Hosey, do distrito de Colúmbia EUA:

"Nosso grupo de estudo bíblico de jovens adultos estava sentado do lado de fora de uma lanchonete no centro de Washington, D.C. Estávamos começando nossa discussão sobre o livro de Tiago quando um homem se aproximou de nossa mesa. 
- Com licença - disse ele - Vocês estão estudando a bíblia?
Um de nós respondeu timidamente: 
- Sim.
- Posso me juntar a vocês?
Olhamo-nos uns para os outros. Como poderíamos dizer não?
O homem se sentou e perguntou se poderíamos ler a passagem novamente. Nós lemos, e foi impressionante. Tiago acusa seu público de mostrar favoritismo pelos ricos e negligenciar os pobres. Ray, o homem que tinha se juntado a nós, ouviu atentamente enquanto líamos. Então eles nos falou sobre como era ser um sem-teto e ir a igreja e ser ignorado ou mesmo convidado a sair por não estar bem vestido ou bem penteado. 
- A pior parte de ser um sem-teto - disse ele - é não ter onde ouvir a palavra.
Ele queria dizer a "palavra de Deus", mas poderia também estar se referindo a qualquer palavra. Com muita frequência as pessoas sem-teto são ignoradas; ninguém fala com elas. Depois de estudar a bíblia e partilharmos uma refeição perguntamos a Ray se podíamos orar por ele; mas ele orou por nós.
Cristo nos visitou naquela noite. Quantas outras noites nós já recebemos a visita de Cristo e não percebemos."

O final do testemunho de David me marcou: "Cristo nos visitou".
Jesus disse que o primeiro e principal mandamento era amar a Deus sobre todas as coisas e o segundo era amar ao próximo como a ti mesmo.
Ora, amar não é um sentimento é uma decisão. (Clique aqui para ler o artigo Ame...) Amar é decidir respeitar e sustentar o nosso próximo com amor.
Infelizmente a cultura capitalista e consumista tem nos direcionado cada vez mais para uma visão escravocrata, em que nós somos os escravos e o dinheiro nosso Senhor.
Deus é o único Senhor! E não há espaço para nenhum outro.
Então devemos parar de dar ao dinheiro mais valor do que ele possui. Devemos parar de tratar pessoas como coisas e as coisas como pessoas.
Chega de julgarmos pelas aparências.
Chega dessa visão sovina em que nos recusamos a ajudar aos necessitados, sob o argumento de que eles não ajudam a si próprios.
Devemos nos doar aos nossos semelhantes, pois quando assim fazemos, estamos abençoando ao próprio Cristo:

Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me;
Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e foste me ver.
Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber?
E quando te vimos estrangeiro, e te hospedamos? ou nu, e te vestimos?
E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te?
E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes. Mateus 25:35-40


Não perca a oportunidade de amar a Jesus.
Sabe aquele animal ferido ou aquele mendigo na rua? Eles são Jesus.
Não deixe de abençoar o seu mestre, quando tiver a oportunidade.
Lembre-se: trabalhe para Jesus e Jesus trabalhará para você.
Hoje você pode estar com a oportunidade de abençoar. No entanto, o mundo dá voltas e amanhã pode ser que você seja o necessitado e certamente Jesus tocará no coração de alguém para estender as mãos a sua necessidade.

Deus fala contigo hoje: ame. Ajude. Não julgue pelas aparências. Não ame ao dinheiro.

Seja o primeiro a comentar:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...