y_iQTHpcL2aPfLTjWpDYVCgxr2k
English plantillas curriculums vitae French cartas de amistad German documental Spain cartas de presentación Italian xo Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Pare de olhar só para o que não dá certo em sua vida



Hoje recebi uma linda mensagem, encaminhada pelo Pastor Sérgio Muller, a qual tenho o prazer de compartilhar.

Bom, agora quero lhes contar a história de um homem que se tornou redator de um dos maiores jornais do Canadá. Não lembro o nome dele, mas sua história é real e muito inspiradora.
 Ele nasceu com a perna direita defeituosa; era murcha e atrofiada, e não suportava qualquer peso. Por isso, desde a infância ele usava um aparelho ortopédico na perna defeituosa.
Quando era muito pequeno isso não o incomodava muito, mas, à medida que crescia, percebeu que com a perna assim não poderia subir em árvores, e isso lhe fez pensar que jamais poderia subir a escada da vida. Começou então a criar um sentimento de que era diferente – uma sensação de limitação, rejeição e inferioridade. Esta angústia se aprofundou em sua mente e ele ficava remoendo o fato, tornando-se triste e rancoroso a respeito de si mesmo.
Um dia seu pai lhe disse: “Filho, não se preocupe com a perna.” E contou ao filho que numa das igrejas da cidade havia uma grande pilha de muletas e aparelhos ortopédicos deixados por pessoas que foram à igreja com doenças e defeitos e ficaram curadas.
Então disse ao filho: “Algum dia vou levá-lo lá, quando achar que você amadureceu o suficiente para poder acreditar; depois vamos orar e pedir ao Senhor para curar você, então vai poder deixar o aparelho no altar.”
O menino ficou impressionado!
O grande dia chegou. Vestidos com suas melhores roupas, pai e filho entraram finalmente naquela igreja. Raios de Sol jorravam através dos vitrais altos. Música suave de órgão ecoava pelas naves e arcadas. O menino olhava à sua volta maravilhado. Quando chegaram ao altar, o pai lhe disse: “Filho, ajoelhe-se e ore; peça ao Senhor para curá-lo.”
O menino orou com muita sinceridade; orou com fé e pediu ao Senhor que o curasse. Sentia uma sensação de paz.
Depois, elevou os olhos e encarou o pai. Sempre o amara e vira seu rosto sob várias circunstâncias diferentes. “Mas sempre”, disse ele mais tarde, “hei de me lembrar da beleza sublime que se mostrava no seu rosto de meu pai naquele momento. Havia lágrimas em seus olhos e brilhando através delas estava a fé alegre, exaltada, do que crê de verdade.”
Profundamente agitado, o menino se levantou. Mas quando olhou para baixo lá estava a perna defeituosa, a mesma coisa de sempre. Muito deprimido e desapontado, começou a descer a nave da igreja com o pai, o velho aparelho ortopédico batendo na perna como de costume.
Então, à medida que se aproximavam da porta imensa da igreja, aconteceu uma coisa incrível. Ele mesmo contou mais tarde:
“Senti que algo me aquecia extraordinariamente o coração. Parecia que sentia algo como uma mão imensa passando por minha cabeça. Posso sentir até hoje a leveza e a força Daquele toque. De repente, estava muito feliz. Gritei: ‘Papai! Você tem razão! Fiquei curado! Fiquei curado! ’.”
Ele explica assim o que aconteceu: “Jovem como era, sabia o que acontecera. Deus não me livrara do aparelho da perna, mas finalmente tirara a venda dos meus olhos.”
Desde aquele dia, a perna defeituosa não conseguiu tirar o ânimo daquele menino, que cresceu cheio de fé e confiança, e prosseguiu até atingir uma excelente carreira, com ânimo em todas as circunstâncias.
Pare de olhar para cada pedra que aparece no seu caminho como se fosse uma montanha intransponível. Pare de transformar tudo que te acontece de mal em um empecilho para não continuar seguindo em frente.
Pare você também de uma vez por todas de olhar só para o que não dá certo na sua vida! Olhe para o que você tem e prossiga com confiança lutando para alcançar seus objetivos.
Encha seu coração de fé em Deus e de esperança, e cante a canção que o rei Davi cantou: “Porque fazes resplandecer a minha lâmpada; o Senhor, meu Deus, derrama luz nas minhas trevas. Pois contigo desbarato exércitos, com o meu Deus salto muralhas. O caminho de Deus é perfeito; a palavra do Senhor é provada; ele é escudo para todos os que nele se refugiam. Pois quem é Deus, senão o Senhor? E quem é rochedo, senão o nosso Deus?” (Salmos 18:28-31).
Deus te abençoe!

 
---------------------------------------
Texto de autoria do Pr. Sérgio Müller


Clique para ler os seguintes artigos:

Acredite em você mesmo

Seja o primeiro a comentar:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...