Pular para o conteúdo principal

Como lidar com a dor da perda de um animal





O justo tem consideração pela vida dos seus animais

Provérbios 12:10

Há quem diga que amar e/ou se dedicar aos animais é perda de tempo, pois devemos nos preocupar apenas em ajudar as pessoas
Deus não concorda com essa afirmação, pois os justos amam, prezam e valorizam a vida de seus animais, sejam eles pássaros, cavalos, gatos, cães, peixes, tartarugas... não importa a espécie do animal que você escolheu para ser seu amigo, companheiro ou colega de trabalho ele é um presente de Deus para você.
Hoje em dia os animais já fazem parte de nossas vidas como membros da família e temos grande estima por eles. Cada dia mais e mais pessoas se rendem ao amor puro e altruísta que nos é oferecido gratuitamente por esses lindos anjinhos de Deus.
Mas um dia nossos amigos partem e além de lidar com a dor da perda temos que lidar também com dúvidas e incertezas quanto a espiritualidade deles. Nessas horas surgem os mais variados entendimentos como: "é só um animal", "animais não tem espírito", "acabou para sempre".

Mas o que a bíblia diz sobre isso?

A primeira lição que Deus nos dá em sua palavra é que não devemos nos dedicar a vãs contendas e teologias sem fim sobre a origem e o destino dos animais:


Não se dêem a fábulas ou a genealogias intermináveis, que mais produzem questões do que edificação de Deus, que consiste na fé; assim o faço agora. 

1 Timóteo 1:4

Isso significa que a especulação sobre o destino dos animais não diminui em nada a dor de perdê-los, muito pelo contrário. E, além disso, essas discussões não edificam a nossa fé em nada.
A verdade é que toda a criação de Deus, a natureza, os animais, os eventos climáticos foram criados por Deus e entregues ao homem como testificação da glória de Deus:


Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo, tanto o seu eterno poder, como a sua divindade, se entendem, e claramente se vêem pelas coisas que estão criadas, para que eles fiquem inescusáveis; 

Romanos 1:20

Deus criou o seu lindo amiguinho, como prova visível de sua existência e poder. Assim como criou todas as outras maravilhas que nos rodeiam. 
Portanto, ao olhar para seu animalzinho, você está vendo a glória de Deus e por esta razão deve cuidar bem dele, como ato de gratidão e reconhecimento da obra maravilhosa do Pai.
E justamente por isso, apesar de ser muito dolorida a dor da separação quando eles partem, não se desespere, pois o poder de Deus é infinito e sua existência eterna.
Seu amigo não desaparecerá e nem se separará de você eternamente, apenas retornará ao Senhor, pois está escrito que:


Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas 

Romanos 11:36

Quando nossos amigos partem eles retornam ao Pai. E se o Pai está conosco o tempo inteiro, podemos crer que nossos amigos também estarão conosco a todo tempo, apenas de uma forma um pouco diferente. (Clique aqui para ler o artigo Deus é sempre contigo)
Então, chore a dor da partida, afinal é difícil mesmo lidar com essa mudança, mas não se desespere. Descanse nos braços do Pai e receba dele o consolo para sua tristeza, sem se esquecer que o tempo cicatriza todas as feridas.

------------
Figuras ilustrativas: google imagens

Comentários