Pular para o conteúdo principal

Afinal, a televisão distrái ou destrói?


Hoje em dia a televisão exerce grande influência sob as pessoas do mundo inteiro. Esse poder vem crescendo cada dia mais e mais e, juntamente com ele, uma preocupação: será que o setor de telecomunicações é idôneo? 
Em outras palavras, será que a autoridade exercida pela mídia na atualidade é algo saudável para a população, realizada de forma a beneficiar os telespectadores ou na realidade se trata de um meio para manipular as massas em benefício de uma classe dominante?
Pare por um momento e analise o que é transmitido através das TVs no mundo inteiro.
Sexo, consumismo e rebelião. 
Por mais que algumas vozes se levantem em defesa dos produtores de TV, a verdade é que somos bombardeados diariamente por imagens de pessoas nuas, em poses insinuantes, ou felizes por terem adquirido um bem material caro, ou revoltadas com os valores tradicionais, como a família, o amor, a religião e, até mesmo, Deus.
Para comprovar isso basta analisar um único capítulo de uma novela qualquer. Lá você verá que o casamento não tem valor, pois trata-se de um grande marasmo e o adultério é algo inevitável. Lá você dificilmente verá casas, roupas, veículos ou acessórios utilizados pelas pessoas em seu dia a dia, pois o objetivo é lançar moda. Lá você verá que sexo sem compromisso é algo legal, que a família tradicional é careta e sem valor, que praticar crime em determinadas circunstâncias é aceitável. Lá você irá aprender que Deus não é uma pessoa, como eu e você, mas sim uma força equidistante, que não se relaciona pessoalmente com o ser humano e habita na consciência de cada um. Lá você irá aprender que todo aquele que está em paz com sua consciência tem Deus, mesmo que se trate de uma pessoa má (clique aqui para ler o artigo Deus é amor, mas também é justiça).
Esses são os valores que a mídia tem passado a humanidade na atualidade. Será que isto é certo?
É claro que não. A verdade é que a televisão é um instrumento perigoso e, salvo raríssimas exceções, está sendo utilizado com fins puramente econômicos. Os programas que passam nos horários de maior audiência não são os que mais beneficiam a população, mas sim os que fazem com que as pessoas se tornem cada dia mais ignorantes, a fim de serem facilmente dominadas. Os grupos supostamente indefesos, que buscam o apoio da sociedade para sua suposta fraqueza, são detentores de grande poder econômico (portanto, não são nada indefesos).
Deus é desmistificado, com o único intuito de fazer com que as pessoas esqueçam das sábias orientações do Pai e não percebam, que dia após dia, são envolvidos mais e mais nesta trápola.
Pense: quem ganha quando uma família é desfeita pelo divórcio? Quem ganha quando uma adolescente perde a autoestima e fica anoréxica? Quem ganha quando alguém é vítima de alcoolismo? Quem ganha quando alguém passa a viver em função das dívidas adquiridas para manter um padrão social elevado?
Quem ganha?
Pense: o que passa nos telejornais além de tragédia? Você já viu pelo menos 1/3 dos milagres realizados por Deus ser matéria de notícia (não vale comentário rápido)? Você já viu as provas de veracidade da bíblia serem objeto de notícia? (clique aqui para ler os artigos Curiosidade: Projeto Genôma encontra Adão, Curiosidade: Evidências arqueológicas no mar vermelho e Curiosidade: encontrada a arca de Noé)
Talvez ao ler este artigo você esteja pensando que nada disso é novidade... mas se não é novidade, então porque continuamos a ser uma audiência cega? Ora, Deus nos disse para estarmos firmes na liberdade com que Cristo nos libertou e para não nos colocarmos novamente debaixo do jugo da escravidão (Gl 5:1).
Precisamos ficar atentos. A TV pode sim ser um elemento para descontração, mas desde que não a assistamos distraídos, ou seja, nós devemos assistir TV sem deixar que nossos valores sejam modificados pelo interesse comercial daqueles que se aproveitam de nossa boa-fé. 

Comentários

  1. Nada a dizer, mandou muito bem, parabéns!! Bjs, graça e paz!

    ResponderExcluir
  2. A paz do Senhor Bill, muito obrigada pelo elogio. Infelizmente esse é um assunto que todos sabemos, em qualquer lugar que comentarmos com alguém a resposta será a mesma: a inadequação dos programas de TV. O problema é que o cansaço, stresse e uma série de outros fatores as vezes nos leva a esquecer dessa verdade. É por isso que temos sempre que relembrar. Muito obrigada pela visita e Deus te abençoe.

    ResponderExcluir
  3. Oi Andreia.
    Concordo plenamente. Temos que tomar uma atitude séria em relação a isso, senão ficamos somente na teoria...e eu, particularmente estou cansado de só teoria e nada de pratica.
    Grande abraço.
    Pr João Batista, o servo, e só.

    ResponderExcluir
  4. A paz do Senhor Pr João Batista. Realmente tornou-se hábito em nossa sociedade o muito falar e pouco fazer. Precisamos mudar isso e alterar a máxima, hoje popular, que diz "deixa a vida me levar". Nós somos os responsáveis por nossas escolhas e temos que pegar as rédeas das nossas vidas, para fazer a diferença através de nossos atos e não somente através de nossas opiniões. Muito obrigada pela visita e pelo comentário, Deus te abençoe.

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pela mensagem!
    Realmente, hoje em dia não se espera mais nada além de sujeiras - tirando os programas voltados para a evangelização - na televisão, A Palavra diz que somente o que é puro deve ocupar nossa mente, então, penso que, devemos cuidar para não permitirmos essas nojeiras que passam nas novelas e filmes, na mídia em geral, entrar em nossa mente...
    Lógico, não é pecado assistir televisão, mas deve-se tomar cuidado com o que se assiste...
    um grande beijo

    http://worshiperofchrist.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Olá ANDREIA
    Gostaria de te PEDIR seu MSN
    se tiver me passa tá bom

    ResponderExcluir
  7. A paz do Senhor Wesley, eu não uso MSN. Mas se quiser, pode me add no facebook, lá tem bate-papo on line e é fácil de me encontrar. É só clicar no link do facebook no menu lateral. Você saírá na página do blog e lá tem o meu perfil também. Qualquer coisa, me envia teu endereço que te add. Deus de abençoe.

    ResponderExcluir
  8. A paz do Senhor Marina, você tem toda razão, o problema não é assistir televisão e sim o que assistimos. Podemos ver qualquer coisa, desde que não nos falte o juízo crítico para saber o que é e o que não é correto, sem nos tornarmos manipuláveis nas mãos dos outros. Muito obrigada pela visita e pelo comentário. Deus te abençoe.

    ResponderExcluir
  9. olá querida bela reflexão, concordo com este texto, temos que tomar cuidado com que damos a nossa alma, mente, estou seguindo achei tudo muito bom por aqui

    ResponderExcluir
  10. A paz do Senhor querida, seja muito bem-vinda. Fico feliz que tenha gostado do blog, espero que Deus possa continuar falando conosco. Muito obrigada pela visita e pelo comentário, Deus te abençoe.

    ResponderExcluir
  11. Isa Pina ( sempre bem disposta )10 de novembro de 2011 08:36

    Olá, bom dia!
    Acho que a televisão é muito educativa. Todas as vezes que alguém liga o aparelho, vou para a outra sala e leio um livro.

    A televisão é a maior maravilha da ciência a serviço da imbecilidade humana.
    (agradeço ao meu amigo Bill, pela dica)

    Beijos e tenha um ótimo fim de semana.

    ResponderExcluir
  12. hahahaha sua idéia é ótima Isa, já estou fazendo também rsrs Olha realmente o uso da televisão atualmente é um grande desperdício... Muito obrigada pela visita e pelo comentário. E obrigada Bill (blog Pensador Livre) pela indicação do artigo. Deus os abençoe.

    ResponderExcluir

Postar um comentário