Pular para o conteúdo principal

Minuto de sabedoria: Não interfira nos problemas alheios

O que passando se mete em questão alheia é como aquele que toma um cão pelas orelhas. Pv 26:17

Assim como aquele que pega um cachorro pela orelha pode ser atacado, aquele que interfere nos problemas alheios sem ser chamado se torna
vulnerável perante danos que não lhe eram direcionados. Em outras palavras, essa interferência pode acarretar problemas e consequências ainda maiores que o problema em si, fazendo com que aquele que interfere sofra revezes que não merecia e que não aconteceria em circunstâncias diversas. Por melhor que seja a intenção, não é razoável se intrometer em problemas que não se sabe a razão, pois há grande risco de produzir injustiças.

Comentários