Pular para o conteúdo principal

Mantendo as vitórias que Deus te deu

Aquele, pois, que cuida estar em pé olhe que não caia. 1 Co 10:12

O grande mal do ser humano é acreditar que uma vez superadas as dificuldades é impossível retroceder, visto que já conhece a forma de superar os obstáculos. 
A partir dessa conclusão, o homem comete várias distorsões da realidade, sendo a pior delas a hipervalorização de si mesmo e o abandono da fé. Em outras palavras, o homem passa a confiar mais em suas capacidades do que na providência divina, acreditando ser ele, o homem, o verdadeiro responsável pelas vitórias alcançadas.
Esse engano não conduz a outro caminho senão a nova queda. Isto porque a queda iminente é um risco que deve ser vencido diariamente, mesmo que o tropeço evitado seja em pedra já conhecida, pois por mais que se conheça os obstáculos é um erro grosseiro estribar a fé em si mesmo. Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do SENHOR! (Je: 17:5)
Deus não está falando maldito homem que confia em outro homem, mas maldito o homem que confia em si mesmo e deixa de ter Deus como seu escudo e fortaleza, para se colocar sozinho nas batalhas.
Não importa qual seja a tua dificuldade, cigarro, bebida, obesidade, depressão, estresse, medo etc, uma vez superada, é preciso permanecer atento para que não venha a cair novamente na mesma armadilha. Estai, pois, firmes na liberdade com que Cristo nos libertou, e não torneis a colocar-vos debaixo do jugo da servidão. (Gl 5:1)
Não se deixe enganar. Jesus se entregou na cruz para que nós fossemos livres, mas a liberdade que nos foi concedida veio dele, Jesus, e não da nossa força de vontade e determinação. Portanto, é preciso que permaneçamos firmes em Jesus, a fim de que não venhamos a cair novamente nos mesmos obstáculos.
Mantenha-se afastado de tudo aquilo que te remete aos tropeços do passado e firme-se em Cristo. Se você bebia, não vá se aventurar a entrar em um bar, achando-se forte o suficiente para resistir a tentação: você não é!! Maldito o homem que confia na própria carne, pois essa vã confiança lhe traz apenas maldições.
Aquele que tem ouvidos ouça a voz do Senhor, que nos exorta, nos orienta e nos ajuda.
Zele pela liberdade que Deus te deu, não se colocando novamente sob a escravidão de suas próprias limitações. Abstende-vos de toda a aparência do mal. (1 Ts 5:22). 
Leia com atenção, a palavra não diz, fuja do mal e sim fuja da aparência do mal.
E de tudo, se você já se deixou iludir e caiu novamente, não se preocupe, fale com Deus, ele vai ajudar você. Peça perdão e encontrará o Pai de braços abertos, pronto para te abraçar, limpar suas feridas, te vestir com novas vestes, pois as misericórdias do SENHOR são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim (Lm 3:22) e o amor dele para conosco é inigualável, infinito e inabalável. Nada nem ninguém pode nos afastar do amor de Deus.

Comentários