Pular para o conteúdo principal

Fui ofendido, e agora?


O dia a dia em sociedade nem sempre é fácil. É preciso saber lidar com o próximo e algumas vezes as opiniões divergentes podem acarretar discussões e agressões, de todas as formas.
Mas o que fazer quando somos agredidos sem nenhum motivo aparente ou quando estamos agindo corretamente?
Diante dessa situação muitas pessoas perdem a razão e o equilíbrio, impulsionadas pela mágoa.
Isso não precisa ser assim. Deus nos mostra que os conflitos da convivência podem e devem ser resolvidos de forma diferente, sem brigas, sem discussões, sem agressões. Precisamos agir com sabedoria com nosso semelhante.
Talvez pareça um pouco estranho em um primeiro momento, mas a verdade é que todas as vezes que ocorre uma discussão ambas as partes estão erradas.

Isto porque, a partir do momento que as pessoas perdem a sua razão elas começam a agir conforme as orientações da carne, isto é, de acordo com os impulsos da natureza humana. Isto significa que já não resta mais o mínimo de bom senso necessário para compreender a situação de fato e as razões do próximo. A partir daí a porta está aberta para a formação de feridas, traumas, decepções...

Porque a ira do homem não produz a justiça de Deus. Tg 1:20

É preciso sempre lembrar que todas as situações possuem uma interpretação diferente para cada um de nós, fruto de nossas experiências pessoais. Portanto, diante de uma divergência é necessário analisar os reflexos que determinada conduta acarretam sobre o outro.

Pode ser que uma atitude inocente de determinada pessoa soe de forma agressiva para outra, simplesmente porque na memória de vida dela ou na educação recebida por ela, aquele ato era reprovável em si ou trouxe a memória a lembrança de feridas não tratadas, causando uma reação de desconforto entre ambas. Se não houver bom senso e as pessoas envolvidas nesse incidente se deixarem levar pela ira, a discussão será uma consequência inevitável.

Ora o fruto da justiça semeia-se na paz, para os que exercitam a paz. Tg 3:18

Isso significa que diante de situações adversas precisamos ter domínio próprio, para compreendermos a real origem do problema e então podermos solucioná-lo. Óbvio que não é uma tarefa fácil, mas precisamos exercitar nosso domínio próprio dia após dia. Lembrando sempre que:

A palavra branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira. Pv 15:1

E se mesmo agindo de forma calma, compreensiva e procurando entender as causas do problema a injustiça persiste?

Nesse caso inicia-se uma nova fase: oração. (Clique aqui para ler o artigo Deus sempre ouve a sua oração).

Embora a atitude mais comum seja adoção de medidas de autodefesa, essa não é a conduta mais correta. Agindo dessa forma mais uma vez nos entregamos aos impulsos da natureza humana e acabamos usurpando uma função que pertence somente a Deus.

Minha é a vingança, eu darei a recompensa, diz o Senhor. E outra vez: O Senhor julgará o  seu povo. Hb 10:30

É Deus quem guerreia nossas batalhas. Ele é quem detém todo o poder, sobre todas as coisas. Somente Deus conhece os corações dos homens. Por isso não cabe a nós adotar essa ou aquela conduta por conta de uma injustiça.
Diante da injustiça nossa obrigação é: orar e esperar em Deus, verdadeiro detentor da justiça.

A nossa falta de paciência nessa hora gera a estagnação do mover de Deus. Quando agimos por conta própria em busca de nossa autodefesa, o Senhor para de agir a nosso favor naquela situação, até que colhamos o fruto de nossas ações. E, a menos que reconheçamos a nossa impotência diante das adversidades, Deus não retorna em nosso auxílio. (Clique aqui para ler o artigo A abundância da sua colheita depende da semeadura)

Isso não significa que Deus nos abandona, apenas que Ele permite que ajamos sozinhos, por nossa conta e risco, pois nossas atitudes indicam ser esse o nosso desejo.

Ao reconhecermos que estamos atuando em uma área que pertence a Deus e pararmos de tentar fazer justiça através de nossos próprios meios, reconhecendo a soberania do Altíssimo, ele retoma a nossa causa.

Por isso, por mais difícil que pareça ser, espere em Deus. Por pior que seja a injustiça ou a decepção que tenha sofrido, saiba que

Todas as coisas contribuem conjuntamente para aqueles que amam a Deus. Rm 8:28

Nunca se esqueça das decepções sofridas por Jesus. Ele veio para os seus, mas ninguém o conheceu, foi cuspido, humilhado, traído por aqueles que mais amou. Mas perseverou até o fim.

Pelo que também Deus o exaltou sobremaneira e lhe deu um Nome que está acima de todo o nome, para que ao Nome de Jesus se dobre todo o joelho - de seres nos céus - de seres na terra e de seres debaixo da terra e toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para a glória de Deus Pai. Fl 2:9-11

E assim será com você se esperar em Deus, pois qualquer um que a si mesmo se exaltar será humilhado e aquele que se humilhar será exaltado. Lc 14:11

Comentários

  1. Olá querida irmãzinha Andreia! Aleluia!...... vejo que encontrei alguém com grande sabedoria espiritual, o que diferencia de tantos outros blogs que tenho visitado, texto bem escrito, profundo, exortativo e de grande ensinamento. Parabéns, ainda não sei quem vc é de verdade, mas uma coisa sei que Deus tem te usado maravilhosamente para transmitir as riquezas da sua palavra.Que grande honra ter te conhecido, fique com Deus.

    ResponderExcluir
  2. Amém irmão, muito obrigada pelas palavras de incentivo. Tenho certeza que neste momento você está sendo um grande instrumento de Deus para me edificar.
    Que Deus continue abençoando este blog para que ele possa alcançar o coração dos necessitados e que a semente encontre terra fértil para florescer.

    ResponderExcluir
  3. O importante é que nos tornemos como crianças que veem as coisas sem as palpitações maldosas que nos levam a nos afastar de Deus. Oh Senhor! nos mantém firmes no teu amor, amor fiel e verdadeiro.
    Grato amada irmã pela sua abençoada visita ao DIVULGADOR.
    Paz seja contigo!

    ResponderExcluir
  4. Paz!!!
    obrigada por me seguir no blog
    já sou sua seguidora tmbm, lindo trabalho tens feito para o Sebhor Jesus que Deus te abençõe grandemente cada dia!!!mais!!
    visite meu outro blog
    / http://jana-evangelismo.blogspot.com/
    um abraço na Paz de Cristo!!

    ResponderExcluir
  5. É A MAIS PURA VERDADE!!!!
    PAZ DO SENHOR!!!
    ABRAÇOS

    ResponderExcluir
  6. É isso mesmo Joseval, temos que manter a inocência de uma criança, que conserva a fé genuína no Senhor.

    Obrigada Janaína, que Deus abençoe tremendamente o seu blog. Juntos somos mais fortes, para cumprir nosso objetivo: levar a palavra do Pai.

    Obrigada Renata pela visita, que Deus possa te abençoar cada dia mais e mais em nome de Jesus.

    ResponderExcluir
  7. É verdade Andreia temos que ter muito cuidado com nossa língua, principalmente para não ferirmos ninguém.

    ResponderExcluir
  8. É mana, muitos de nós tem facilidade de seguir os exemplos do SENHOR quando está tudo bem, quando acontece algo que foge o nosso controle, esquecemos que o controle está nas mãos do SENHOR, somos conhecidos por nossas reações, depois de uma ofença por exemplo é orar e pedir direção, ótima reflexão grande abraço graça e paz.

    ResponderExcluir
  9. Amém irmão, muito obrigada pelo seu comentário.
    Você tem toda razão, a paciência e a fé em Deus muitas vezes são deixadas de lado. O segredo da vitória é orar e esperar, pois o tempo de Deus é diferente do tempo do homem.

    ResponderExcluir
  10. PAZ QUERIDA!
    MUITO BONITO O TRABALHO QUE VEM FAZENDO PARA A HONRA E GLÓRIA DO SENHOR JESUS.
    DEUS TE ABENÇOE GRANDIMENTE.BEIJOS...

    http://rittaoliver.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. "É Deus quem guerreia nossas batalhas" essa frase diz tudo ! o silêncio, a oração e a confiança em Deus sempre é o melhor !

    @Raquelcost

    http://virtuosissima.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Paz Rita e Raquel.
    Muito obrigada pelos comentários, a presença de vocês em nosso blog é muito importante.
    Que Deus lhes abençoe.

    ResponderExcluir
  13. Oie lindaaaaaaa, sou o amilton do blog http://seguindojesuscristo.blogspot.com/ Muitoooooooooo legal teu blog, mas quero deixar uma dica pra voce, coloque um mural de recados, para que as pessoas possam interagir umas com as outras, creio que vai ser bem legal.

    ResponderExcluir
  14. Muito edificante o post e seu blog.
    Deus te abençoe.Paz!

    ResponderExcluir
  15. Paz Amada Obrigado por visitar meu Blog o seu esta uma benção quero te mandar meu selo mais preciso do seu email pra enviar eli. porque são quatro tipos de tamanho e ficaria muito grande aqui no comentario.
    fuique na paz ja sigo teu blog segue o meu tambem

    ResponderExcluir
  16. A paz de Cristo! Sou seguidor do seu blog a um bom tempo, você também já segue o meu antigo blog aprendendo em sarepta que com o bug que aconteceu no blogger eu o perdi estou convidando você a seguir meu novo blog.
    Saladecinemagospel
    É uma maneira de olhar o cinema com criticas cristãs.
    Que Deus continue abençoando seu blog.

    Abraços do Rodrigo Almeida

    ResponderExcluir
  17. Paz Amilton, muito obrigada pela visita e pela dica. Não tinha pensado nisso, vou refletir sobre a possibilidade. Eu tenho o formulário de contato, mas realmente não há interação entre as pessoas.

    Anselmo, seja bem-vindo. Fique a vontade e que Deus te abençoe.

    Patrick e Pr. Rodrigues, obrigada pela visita.

    ResponderExcluir
  18. Me ajudou muito, obrigada!!! Que a graça de Deus continue presente em seus corações para que sempre em nome de Jesus produzam palavras de autoconhecimento espiritual e de conforto... Glória à Deus eternamente!!! 😊

    ResponderExcluir
  19. Clara e muito precisa sua reflexão para que consigamos viver melhor nossos relacionamentos. Obrigado e Deus a abençoe.

    ResponderExcluir
  20. Muito clara e precisa sua reflexão para que consigamos melhorar nossos relacionamentos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário