y_iQTHpcL2aPfLTjWpDYVCgxr2k
English plantillas curriculums vitae French cartas de amistad German documental Spain cartas de presentación Italian xo Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Forjado pelo fogo


Muitas pessoas se revoltam com Deus, quando as coisas não acontecem como elas esperam. Isso porque, elas acreditam que ao permitirem Deus entrar em suas vidas, todos os seus problemas desaparecerão de uma hora para outra, como num passe de mágica.
Tivemos a oportunidade de tratar sobre este engano, que vem se tornando crônico nos dias atuais, no artigo Teologia da Prosperidade X Porta Estreita: O caminho de Deus, onde aprendemos que Deus não nos prometeu facilidade e, tão pouco, prioridade em relação as demais pessoas. Deus é justo e o
sol nasce para todos, justos e injustos.
Devemos buscar a Deus pelo que Ele é, pela pessoa dele e não pelo que ele pode nos oferecer ou proporcionar. Do contrário não seria amizade e sim, barganha. 
As bençãos de Deus nos são dadas pela sua infinita graça e misericórdia e não porque lhe damos algo em troca. Até porque, não há nada que tenhamos que possa servir para Deus, além de um coração quebrantado. (Clique aqui para ler o artigo A Graça Divina).
Na verdade, ao contrário do que muitos imaginam, andar com Deus é uma jornada difícil, pois envolve uma luta diária contra nós mesmos, a fim de nos tornarmos uma pessoa melhor.
E a mudança, meus caros, dói. 
É difícil.
É difícil mudarmos nossos paradigmas. É difícil reconhecer os próprios erros. É difícil abandonar velhos hábitos. É difícil fazer o certo, quando o errado é mais cômodo e fácil.
É difícil.
Então não se iludam, esperando que ao se voltarem para Deus as coisas facilitarão para você. A diferença entre quem caminha com Deus e quem caminha sem Ele não é a facilidade do caminho, mas sim, COMO irão percorrer esse caminho.
Isso porque, quando temos Deus ao nosso lado, por mais que tudo esteja difícil, por mais que nosso mundo esteja desmoronando, Ele nos sustenta. 
Já viram como a torcida estimula um time ou um atleta a ganhar? Pois é, o apoio moral e físico faz a diferença. Como vimos no artigo A mudança que você espera depende só de você, Deus não fará as coisas que são nossa atribuição.
Até porque, que sentido faria Deus criar o homem, com grande superioridade aos demais animais, capacidade de raciocínio, inteligência, se fosse para ele ficar parado apenas recebendo tudo de mãos beijadas diretamente de Deus?
Seria melhor criar um robô, totalmente programado.
Deus quer que utilizemos e desenvolvamos todo o nosso potencial e capacidade. Não importa onde, quando ou como. Para ele não há função ou dom melhor ou pior do que outro. Então desenvolva o seu melhor onde você está: escola, trabalho, família, amigos, rede social... (Clique aqui para ler o artigo Onde estão os teus talentos)
É por isso que as coisas não se tornarão simples com a presença de Deus em sua vida. 
Mas talvez você esteja se perguntando: "Ok, as coisas não se tornarão mais simples. Mas precisava piorar tanto assim? Tá tudo dando errado!"
Pois é, como eu disse, caminhar com Deus não é fácil e é por isso que as coisas parecem ter ficado mais difícil. Não é a realidade a sua volta que piorou, é você que está sendo confrontado. É o novo homem, que você pretende se tornar caminhando com Deus, contendendo cm o velho homem, que habita em você.
Isso nos dá a sensação de que tudo piora. E Deus permite que tudo isso aconteça, para que consigamos vencer a velha natureza e vestir nossas novas vestes, caminhando ao seu lado.
Para compreender melhor, preste atenção nessa ilustração:

Depois de uma juventude cheia de excessos um ferreiro decidiu entregar a sua alma a Deus. E então, durante muitos anos ele trabalhou com afinco para permanecer nos caminhos de Deus, mas, apesar de toda sua dedicação, nada parecia dar certo na sua vida. Muito pelo contrário: seus problemas e dívidas acumulavam-se cada vez mais.
 Uma bela tarde, um amigo que o visitava, e que se compadecia de sua difícil situação, comentou:
 - É realmente muito estranho que, justamente depois de você resolver se tornar um homem temente a Deus, sua vida começou a piorar. Eu não desejo enfraquecer a sua fé, mas apesar de toda a sua crença no mundo espiritual, nada tem melhorado.

 O ferreiro não respondeu imediatamente. Ele já havia pensado nisso muitas vezes, sem também entender o que acontecia em sua vida.
Entretanto, como não queria deixar o amigo sem resposta, começou a falar – e terminou encontrando a explicação que procurava. Eis o que disse o ferreiro:

 - Eu recebo nesta oficina o aço ainda não trabalhado e preciso transformá-lo em espadas. Você sabe como isso é feito?
Primeiro, eu aqueço a chapa de aço num calor infernal, até que ela fique vermelha. Em seguida, sem nenhuma piedade, eu pego o martelo mais pesado e aplico golpes, até que a peça adquira a forma desejada.
Logo ela é mergulhada num balde de água fria, e a oficina inteira se enche com o barulho do vapor, enquanto a peça estala e grita por causa da súbita mudança de temperatura. Tenho de repetir esse processo até conseguir a espada perfeita. Uma vez apenas não é o suficiente.
O ferreiro fez uma longa pausa, sentou-se em um pequeno banquinho e continuou:
- Às vezes, o aço que chega às minhas mãos não consegue aguentar esse tratamento. O calor, as marteladas e a água fria terminam por enchê-lo de rachaduras. E eu sei que jamais se transformará numa boa lâmina de espada.
Então, eu simplesmente o coloco no monte de ferro-velho que você viu na entrada da minha ferraria.

 Mais uma pausa, e o ferreiro concluiu:

 - Sei que Deus está me colocando no fogo das aflições. Tenho aceitado as marteladas que a vida me dá, e às vezes me sinto tão frio e insensível como a água que faz sofrer o aço. Mas a única coisa que eu peço é: ‘Meu Deus, não desista de mim até que eu me consiga tomar a forma que o Senhor espera de mim. Tente da maneira que achar melhor, pelo tempo que quiser – mas jamais me coloque no monte de ferro-velho das almas’.


Suas dificuldades indicam que você está sendo forjado pelo fogo, mas o objetivo de Deus não é te destruir ou te fazer sofrer. O objetivo de Deus é te transformar em uma espada vigorosa em suas mãos.
Portanto, não desanime. Não perca a fé. O fato de as coisas não estarem acontecendo como você esperava não significa que elas não estejam acontecendo exatamente da forma como deveriam. Deus está no controle e Ele sabe de todas as coisas. Sabem muito bem de onde está vindo e para onde está indo. (Clique aqui para ler os artigos Nunca desista de seus sonhos, Quando Deus fecha as portas e Aprendendo a passar pelo Deserto).

Alimentando o Espírito: Salmo 5



DÁ ouvidos às minhas palavras, ó Senhor, atende à minha meditação.
Atende à voz do meu clamor, Rei meu e Deus meu, pois a ti orarei.
Pela manhã ouvirás a minha voz, ó Senhor; pela manhã apresentarei a ti a minha oração, e vigiarei.
Porque tu não és um Deus que tenha prazer na iniqüidade, nem contigo habitará o mal.
Os loucos não pararão à tua vista; odeias a todos os que praticam a maldade.
Destruirás aqueles que falam a mentira; o Senhor aborrecerá o homem sanguinário e fraudulento.
Porém eu entrarei em tua casa pela grandeza da tua benignidade; e em teu temor me inclinarei para o teu santo templo.
Senhor, guia-me na tua justiça, por causa dos meus inimigos; endireita diante de mim o teu caminho.
Porque não há retidão na boca deles; as suas entranhas são verdadeiras maldades, a sua garganta é um sepulcro aberto; lisonjeiam com a sua língua.
Declara-os culpados, ó Deus; caiam por seus próprios conselhos; lança-os fora por causa da multidão de suas transgressões, pois se rebelaram contra ti.
Porém alegrem-se todos os que confiam em ti; exultem eternamente, porquanto tu os defendes; e em ti se gloriem os que amam o teu nome.
Pois tu, Senhor, abençoarás ao justo; circundá-lo-ás da tua benevolência como de um escudo.
Salmos 5:1-12

A mudança que você espera, só depende de você


A grande maioria dos e-mails que recebo são de pessoas que pedem ajuda para sua vida financeira, profissional, sentimental ou familiar. Pessoas de diferentes partes do país, com problemas similares e um mesmo discurso:

"Deus me abandonou"
"Preciso de ajuda, meu marido (ou esposa) deixou o lar"
"Preciso que Deus restaure meu casamento"
"Não consigo um emprego, estou cheio de dívidas"

Além do discurso, outro ponto comum entre essas pessoas é a autocomiseração. São pessoas que estão paradas no tempo, com pena de si mesmas e culpando a Deus pelo seu fracasso.
O que essas pessoas não entendem é que se não mudarmos, nada ao nosso redor muda. Não importa a situação que estamos vivendo, nada acontece enquanto ficamos parados, dedicando nosso tempo a lamúria e pena de nós mesmos.

Se quiser resultados que nunca teve, faça algo que nunca fez.

E sim, é preciso esforço, disciplina, dedicação.
Nada vem de graça. Tudo é fruto das sementes que plantamos.
E não adianta orar, clamando pela ajuda do Pai, há coisas que Ele não faz. 
Isso mesmo. Há coisas que Deus não faz por você.
A bíblia diz que nós não recebemos o que pedimos, simplesmente porque não sabemos como pedir ou porque pedimos da maneira errada.
E pedir que Deus faça por nós o que Ele nos capacitou para fazer, é um desses pedidos que não serão atendidos...
Entenda: quando soube da notícia da morte de Lázaro, Jesus foi até lá. Ao chegar diante do sepulcro ele disse aos homens que estavam ao redor: 

- Tirai a pedra. 

Ora, por que Jesus não fez a pedra sair voando, já que tem poderes pra isso?
Simples: porque os homens que estavam ali tinham força e capacidade para retirar a pedra. Mas o que aqueles homens não podiam fazer, o milagre, o sobrenatural, esse sim, Jesus fez: 

- Lázaro vem para fora - Jesus disse e ressuscitou aquele homem que estava morto há 04 dias.

Qual é a pedra que você precisa mover em sua vida para que o milagre de Deus aconteça? 
Não adianta ficar cabisbaixo, dando uma de avestruz e enterrando a cabeça na terra. 

Pare de esperar que Deus, ou qualquer outra pessoa, faça o que cabe a você fazer.


Quer passar num concurso? Estude.
Quer um emprego? Procure.
Quer acabar com as dívidas? Administre suas finanças.
Quer restaurar seu casamento? Invista nele.

Enfim, qual é a porta que você acredita que está fechada? 
Vá até lá e dê um empurrão nela. Verifique se está mesmo fechada e se estiver, procure a chave ou, então, faça como a água, que nunca luta contra seus obstáculos, mas sempre os contorna.
Não importa qual seja a tua dificuldade, o fato é que não há vitória sem batalha.
E também não importa quanto tempo você está batalhando. Se você ainda não alcançou seu objetivo, ainda é tempo de lutar.
Abraão esperou por seu milagre 24 anos. 
Inglaterra e França guerrearam por 100 anos.
Quanto tempo você vem batalhando para alcançar seu objetivo?
Pare de ter pena de si mesmo e vá a luta, Ainda não resististes até ao sangue, combatendo contra o pecado. Hb 12:4.
E se alguém estiver cansado, peça força ao Senhor que Ele dará, pois os que esperam no senhor, renovarão as suas forças, subirão com asas como águias, correrão e não se cansarão, caminharão e não se fatigarão.(isaías 40:31)
E então? O que você está esperando?
Comece a mudança hoje. AGORA.
E tenha certeza, que amanhã, quando olhar para trás você irá ver que não era tão difícil quanto parecia. Bastava apenas dedicar um pouco mais de você na causa pela qual lutava.

Agradecimento aos leitores



Hoje eu quero fazer um agradecimento especial a todos os leitores do blog Deus quer falar com você hoje.
Deus me deu esse ministério maravilhoso há cinco anos. Desde então, com a graça do Pai, venho construindo tijolinho por tijolinho, mensagem por mensagem esse espaço tão gostoso que hoje até eu mesma encontro abrigo nas horas de tribulação.
Pode parecer estranho, mas nas necessidades eu releio as mensagens e então confirmo que cada uma delas me foi entregue por Deus, pois a sensação que tenho é de que as palavras que estão ali não me pertencem, não nasceram do meu coração, mas do próprio coração de Deus.
E esse foi o trabalho a que me propus, ser o canal entre o Pai e aqueles que, assim como eu, caminham diariamente na jornada da vida.
Me alegra muito ver que meu propósito se cumpre a cada dia e por isso quero agradecer.
Agradeço porque o que parecia ser um trabalho individual e solitário, hoje se transformou em uma grande comunidade, uma grande família e eu sei que, além de Deus, tenho a companhia de cada irmão que dedica uma parte de seu tempo para ler e divulgar essas mensagens de Deus.
Agradeço porque recebo mensagens de leitores cobrando a atualização do site, cobrando novas mensagens. São pessoas sedentas de Deus e que encontram aqui o refrigério para suas almas.
Agradeço porque recebo mensagens de incentivo, dizendo o quão importante foi ler uma mensagem.
Agradeço porque recebo mensagens dizendo como Deus mudou suas vidas através de uma palavra semeada aqui.
Portanto, obrigada!
Muito obrigada, não apenas por acompanhar o blog Deus quer falar com você hoje, mas também por fazer parte dessa família.
Na vida há dias em que é mais fácil, outros mais difícil, mas uma coisa é certa: sempre precisaremos uns dos outros. Sempre precisaremos de encorajamento e, principalmente, sempre precisaremos de Deus e de suas orientações.
Por isso é tão importante separarmos um tempo para Ele.
Deus quer falar com você HOJE. Esse desejo se repete todos os dias. Mesmo que a gente não o ouça, mesmo que estejamos surdos por nosso ego, problemas ou alegrias, o desejo de Deus não muda. Ele continua querendo falar com a gente HOJE.
E é para isso que aqui estamos: Falar com Deus!!!
A minha oração é para que Deus abençoe cada um de vocês.

A força não é para aniquilar o fraco, mas para sustentá-lo

Suportai-vos uns aos outros. Cl 3:13

Todos nós passamos por momentos bons e momentos ruins. Tempos de fartura e tempos de necessidade. Decepções, perda de um ente querido, fim de um casamento, traições, enfermidades... a forma não importa, o fato é que cedo ou tarde as provações chegam para todos nós.
O motivo é simples: é através da prova que nós alcançamos o crescimento espiritual. Deus usa os obstáculos para nos ensinar a caminhar mais e melhor a cada dia. O deserto é a escola do Senhor.
A cada barreira superada, nos tornamos mais fortes.
No entanto, a força que adquirimos com o tempo não é para que nos tornemos superiores aos demais. Ao contrário, é para que nos auxiliemos mutuamente.
Quem já perdeu um filho tem na própria carne a experiência da dor e ao superar essa perda, terá um grande ensinamento a passar adiante, auxiliando aqueles que também tiverem a mesma perda.
A sua dor lhe dará um ensinamento precioso e único, através do qual você poderá ser um instrumento nas mãos de Deus, para aliviar o fardo daqueles que atravessarem pela mesma prova que você um dia atravessou.
É por isso que a palavra de Deus nos diz: "suporta-vos uns aos outros". Devemos nos dar suporte mutuamente, para que juntos nos tornemos pessoas melhores. É como diz o ditado popular: uma mão lava a outra.
É comum vermos pessoas que se tornam pedantes após superarem dificuldades, menosprezando as dificuldades alheias.

Pode parecer muito fútil, para quem não tem o que comer, saber que alguém sofre por estar acima do peso. 
Pode parecer fútil para quem tem família e está sem emprego, saber que alguém sofre por não saber qual roupa vestirá. 
Pode parecer fútil para quem não tem um teto, saber que alguém que tem um salário, casa e comida está insatisfeito ou triste por não ganhar uma promoção.

E talvez as preocupações de algumas pessoas até sejam fúteis mesmo, mas a questão é que não estamos num concurso de quem sofre mais ou sofre menos.
O sofrimento é ruim, seja qual for a sua intensidade. E se hoje não nos preocupamos com fatos supostamente fúteis é porque crescemos espiritualmente.Afinal, Quando éramos meninos, falávamos como menino, pensávamos como menino e raciocinávamos como menino. Quando nos tornamos adultos, deixamos para trás as coisas de menino.1 Co 13:11.
Um dia todos nós fomos bebês e nossa maior preocupação eram as cólicas, o sono ou a próxima mamada. Conforme fomos crescendo, nossas preocupações foram mudando. Isso porque aprendemos a administrar o sofrimento e a sermos independentes.
Da mesma forma acontece com as dificuldades da vida. Há pessoas que ainda são bebês espiritualmente e por isso suas preocupações são diferentes, talvez fúteis. Isso não significa que o sofrimento deva ser criticado ou menosprezado.
Esse sofrimento precisa ser compreendido e precisamos auxiliar essa pessoa da melhor forma, a fim de que ela cresça e tenha outros tipos de obstáculos a atravessar.
Entenda, não é uma questão de idade e sim de individualidade. Há bebês espirituais com cinquenta anos, e anciões com apenas vinte.
A razão desse diferença é que Deus trata individualmente com cada um de nós, de acordo com nossa estrutura psicológica. Ele não nos dá cruz mais pesada do que possamos carregar. Alguns suportam mais peso, outros menos peso. No entanto, todos estão carregando sua cruz e caminhando rumo ao crescimento.
Portanto, não é porque você superou com maestria a perda de um ente querido, que outra pessoa também tenha que superar da mesma forma. Assim como, o fato de estar atravessando pela dor da morte de alguém, que você terá mais compreensão do que alguém que está sofrendo por uma traição.
Em muitos casos, as pessoas que estão atravessando dificuldades supostamente maiores, sofrem menos do que aquelas que estão atravessando dificuldades fúteis. Isso porque aquele tem mais preparo emocional e espiritual do que este.
Não há sofrimento maior ou menor. A dor é sempre dolorosa.
Então não julgue a dor ou o sofrimento de ninguém. Para alcançar a maturidade que você tem hoje foi necessário superar dificuldades fúteis. Isso não faz de você o super-homem ou a mulher-maravilha, porque o aprendizado é infinito. Sempre haverá prova mais difícil e sempre haverá alguém mais experiente do que você.
Ao invés de utilizar o seu crescimento para julgar o crescimento dos outros, dizendo que fulano ou ciclano é fraco ou fútil, que sofrer por isto ou aquilo é bobeira por existir coisa pior na vida, ajude. Utilize seu conhecimento para fortalecer o teu próximo.
Creia, este será um grande aprendizado em sua vida e o melhor, um aprendizado indolor.
Que tal ser um instrumento de Deus hoje? Espalhe amor, compreensão e alívio por onde passar.
Tenha certeza de que os frutos dessa semente serão doces e agradáveis.

Alimentando o Espírito: Hebreus 2:1-5


PORTANTO, convém-nos atentar com mais diligência para as coisas que já temos ouvido, para que em tempo algum nos desviemos delas. Porque, se a palavra falada pelos anjos permaneceu firme, e toda a transgressão e desobediência recebeu a justa retribuição, Como escaparemos nós, se não atentarmos para uma tão grande salvação, a qual, começando a ser anunciada pelo Senhor, foi-nos depois confirmada pelos que a ouviram;
Testificando também Deus com eles, por sinais, e milagres, e várias maravilhas e dons do Espírito Santo, distribuídos por sua vontade?
 Porque não foi aos anjos que sujeitou o mundo futuro, de que falamos.
Portanto, convém-nos atentar com mais diligência para as coisas que já temos ouvido, para que em tempo algum nos desviemos delas.
Porque, se a palavra falada pelos anjos permaneceu firme, e toda a transgressão e desobediência recebeu a justa retribuição,
Como escaparemos nós, se não atentarmos para uma tão grande salvação, a qual, começando a ser anunciada pelo Senhor, foi-nos depois confirmada pelos que a ouviram;
Testificando também Deus com eles, por sinais, e milagres, e várias maravilhas e dons do Espírito Santo, distribuídos por sua vontade?
¶ Porque não foi aos anjos que sujeitou o mundo futuro, de que falamos.

Hebreus 2:1-5

Teologia da prosperidade X porta estreita: o caminho de Deus



Entrai pela porta estreita, pois larga é a porta e amplo o caminho que levam à perdição, e muitos são os que entram por esse caminho. Mt 7:13

A chamada teologia da prosperidade vem alcançando muitos adeptos nos últimos tempos. Segundo ela, aqueles que aceitarem Jesus como seu Senhor serão financeiramente prósperos e tudo o que fizerem dará certo.
Obviamente essa filosofia é oriunda dos insanos desejos humanos e não da vontade de Deus. Os homens apreciam o imediatismo, a facilidade, a descartabilidade. Mas Deus não.
Para Deus é justamente o oposto.
Deus nunca nos prometeu facilidade ou prioridade em relação ao nosso próximo. O fato de seguir a Cristo não te dá direito de "furar a fila" para alcançar bênçãos sem merecê-las verdadeiramente.
Deus nos prometeu auxílio ao longo de nossa caminhada. Se necessário for Ele até nos carrega no colo, mas Ele não pode caminhar por nós. Se assim fosse, de que valeria nossa existência? Para que estar no mundo, se não for para existir nele de uma maneira atuante?
É preciso aprender que temos que ser responsáveis por nossas atitudes. Isso envolve escolhas e escolher DÓI.
Isso porque cada escolha implica em uma renúncia. Se escolho beber água ao invés de refrigerante, eu renunciei a este último. Essa renúncia é que muitas vezes nos dificulta. 
Estamos acostumados a acumular coisas/pessoas. Isso nos traz segurança. Em nossa maneira torta de ver e agir, acreditamos que ao acumular bens estaremos munidos de instrumentos para lidar com as dificuldades. Em outras palavras, ao invés de lançar nossa confiança em Deus, nós a lançamos sobre nossas propriedades.  
Por conta disso, quando precisamos optar por um caminho ou outro, a escolha nos inflige dor. E algumas vezes a dor é realmente lacerante.

Permanecer no emprego, seguro e estável, ou procurar outro mais satisfatório, porém incerto?
Permanecer na casa dos pais, segura e estável, ou ter a própria casa, com privacidade, porém insegura, só?
Permanecer na mesma relação falida, porém conhecida, ou buscar uma nova relação, mais satisfatória, porém desconhecida, insegura?

Sim, escolher é difícil. E a dificuldade maior vem pela impossibilidade de retornar ao estado anterior a escolha. É fácil escolher entre sorvete de morando ou de creme. Se não gostar eu troco. É fácil escolher uma roupa, se eu não gostar eu troco.
Mas quando a escolha envolve mudanças drásticas e a impossibilidade de voltar atrás, então realmente as coisas ficam complicadas para nós.
É aí que a teologia da prosperidade ganha grandes adeptos. Afinal, ela promete a certeza do êxito em qualquer escolha. Mas Deus nos ensina o oposto: JOÃO 16:33 — NO MUNDO TEREIS AFLIÇÕES, MAS TENDE BOM ÂNIMO, EU VENCI O MUNDO
Não se iluda! Deus não disse que você ganhará sempre. Tampouco disse que seria fácil.
Mas ele disse que sempre estaria lá com você, para partilhar suas vitórias e te apoiar nas derrotas.
Ele não espera que você acerte sempre. Você irá acertar algumas vezes, errar em outras, mas o que Deus espera é que você continue tentando e escolha sempre o caminho correto, optando sempre por fazer o que é certo.
O que conta não é quantas vezes você caiu, mas sim quantas vezes você levantou e prosseguiu em direção ao alvo, que é Cristo Jesus.
A vida não é fácil. E escolher fazer o que é certo, o que é necessário fazer, é muito difícil. 

Não é fácil deixar de se divertir com os amigos para estudar.
Não é fácil deixar de comer para cuidar da saúde.
Não é fácil deixar de ser criança e crescer. Mas é necessário.

É doloroso? Sim, mas vale a pena.
Portanto, abrevie sua caminhada. Não fique dando cabeçada em um monte de portas, em busca da ilusória teologia da prosperidade. Deus já disse, a porta é estreita.
Vai doer, vai ter lágrima. Mas não há outro caminho para alcançar a vitória. Pare de se iludir e sentir pena de si mesmo, pegue a sua cruz, negue a si mesmo e siga a Jesus. Lc 9:23.
Lembre-se: JESUS É O VERDADEIRO CAMINHO, A VERDADE E A VIDA.

Seja dependente de Deus: Ele cuida de você


Sua vida pode ser vitoriosa se você depender de Mim. As pessoas geralmente associam a vitória ao sucesso e a uma trajetória de vida sem fracassos ou problemas. Mas aqueles que são bem sucedidos por si só tendem a seguir um caminho próprio, esquecendo-se de Mim.
É por meio dos obstáculos e do erro, da fraqueza e das necessidades que você aprende a confiar na Minha presença.
Depender de Mim não significa Me pedir que abençoe o que você decidiu fazer, mas se aproximar de Mim com a mente e o coração abertos, convidando-Me a semear Meus desejos em você.
Posso infundir em você um sonho que está além do seu alcance. Você sabe que, sozinho, não é capaz de atingir essa meta. Assim, começa sua jornada de dependência. É uma caminhada de fé, um passo de cada vez, confiando sempre em Mim.
Este não é um caminho de sucesso contínuo, mas de múltiplos fracassos. Mas cada fracasso é seguido pelo amadurecimento e alimentado pela confiança. Aproveite as bençãos de uma vida vitoriosa pela dependência em mim.

Autor: Sarah Young
Livro: O Chamado de Jesus

Deus da provisão e a seca no Brasil

 
Quem beber desta água terá sede outra vez,
mas quem beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede. Ao contrário, a água que eu lhe der se tornará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna. João 4:14

O calor intenso e o longo período de estiagem tem gerado grande preocupação aos brasileiros. O risco real de um racionamento de água e energia elétrica tem feito com que muitos visualizem um cenário caótico em um futuro próximo: manifestações, saques, crimes, desordem...
De fato é uma previsão de tirar o sono de qualquer ser humano são. No entanto, esse tipo de pensamento não vem de Deus. Jesus nos ensinou o seguinte:

Por isso, vos digo: não andeis ansiosos pela vossa vida, quanto ao que haveis de comer ou beber; nem pelo vosso corpo, quanto ao que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo, mais do que as vestes?
Observai as aves do céu: não semeiam, não colhem, nem ajuntam em celeiros; contudo, vosso Pai celeste as sustenta. Porventura, não valeis vós muito mais do que as aves?
Qual de vós, por ansioso que esteja, pode acrescentar um côvado ao curso da sua vida?
E por que andais ansiosos quanto ao vestuário? Considerai como crescem os lírios do campo: eles não trabalham, nem fiam.
Eu, contudo, vos afirmo que nem Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles.
Ora, se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós outros, homens de pequena fé?
Portanto, não vos inquieteis, dizendo: Que comeremos? Que beberemos? Ou: Com que nos vestiremos?
Porque os gentios é que procuram todas estas coisas; pois vosso Pai celeste sabe que necessitais de todas elas;
buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Mt 6:25-33

Deus cuida de todas as nossas necessidades, de maneira que nunca nos falte nada. Ora, foi Ele o mentor do projeto de criação do mundo em que vivemos, tendo sido cuidadoso em cada detalhe, a fim de que pudéssemos ser supridos em tudo quanto precisássemos. 
A ciência já comprovou que se a Terra estivesse alguns míseros metros mais próxima ou mais afastada do sol, morreríamos queimados ou congelados. A quantidade de oxigênio na atmosfera, a quantidade de água, a cadeia alimentar... tudo foi milimetricamente planejado para que pudéssemos viver na Terra.
Será que alguém que foi tão caprichoso com um projeto o deixaria se perder de uma hora para outra? Claro que não!
Deus sabe que precisamos de água e que a falta dela nos traz grandes transtornos. Ele providenciará!
Ele é o Deus da provisão.
Se isso ainda não aconteceu, certamente é porque Ele quer nos ensinar algo: dar valor e cuidar da terra que Ele entregou em nossas mãos.
Infelizmente, muitas pessoas só valorizam o bem que possuem após perdê-lo. E é por isso que ás vezes Deus nos chama atenção para coisas simples que nos rodeiam. Para que possamos compreender que a simplicidade não é sinônimo de dispensabilidade.
Água é simples, é comum, é gratuita, mas é indispensável para nossa vida.
Então, não importa que paguemos pelo serviço de água encanada, devemos economizar e usar com sabedoria. Não importa que o Brasil seja o país com a maior quantidade de água doce do mundo, tem que cuidar, tratar.
Mas as pessoas, além de não cuidar do presente que Deus nos deu, ao se verem privados dele tratam logo de correr e semear o desespero em todos os cantos. Dois comportamentos que seguem na direção contrária a orientação de Deus.
Por que será que, ao invés de preocupação, não se dissemina a adoração e a busca pela presença de Deus? Sim porque a bíblia é clara: buscai primeiramente o reino de Deus e as demais coisas te serão acrescentadas.

Quando buscamos a presença de Deus as nossas necessidades são supridas.

Então, por que ao invés de se reunirem para disseminar o desespero e a preocupação, as pessoas não se reúnem para buscar o reino de Deus? Por que não vemos pessoas correndo pelas ruas clamando por chuvas? Por que não vemos pessoas prostradas aos pés do Senhor o adorando? Por quê?
Porque lhes falta conhecimento: O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento. Os 4:3
A falta de conhecimento e intimidade com Deus faz com que as pessoas corram de um lado para o outro, em busca de respostas que só o pai pode dar.
E nesta ignorância uns culpam o governo. Outros culpam o clima. E assim seguem se consumindo em ansiedade. Mas a verdade é que o poder concedido aos governos vem do alto. Se Deus não permitir ninguém chega ao governo. 
Da mesma forma, Deus comanda o clima, de maneira que nenhuma seca ou chuva acontece sem que ele permita.
Portanto, é chegada a hora de parar de tentar cobrir o sol com a peneira e nos voltarmos a Deus. Ele quer falar conosco e não é de hoje. O que mais Deus precisará fazer para chamar nossa atenção?
Nos voltemos para Deus, pois é Dele que vem o manancial de água viva. É Dele que vem toda a provisão de que precisamos, tanto material quanto espiritual.
Se cada um que se preocupa com as consequências da seca fizesse pelo menos uma oração por dia, pedindo a provisão de Deus, certamente algo já teria acontecido.
Por isso, te convido a orar. Clame a Deus e convide outros a clamar por Ele, pedindo sabedoria para nossos governantes, justiça, provisão e, principalmente, que não nos desampare jamais.
A presença de Deus é o bem mais importante que temos. Mais preciosa que a água, o ar, o mar, a vida...  
E basta de preocupação, pois basta a cada dia o seu mal. Deus cuida de todos nós.