y_iQTHpcL2aPfLTjWpDYVCgxr2k
English plantillas curriculums vitae French cartas de amistad German documental Spain cartas de presentación Italian xo Dutch Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

Conheça Deus como Ele é de verdade




Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores.
Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite.
Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará.
Salmos 1:1-3



Você conhece Deus?

É muito comum ouvirmos pessoas definindo Deus conforme seu próprio entendimento:

"Deus é amor"
"Deus age assim ou assado, senão não seria um Deus justo." 
"Estou errado, mas Deus conhece meu coração."
"Deus perdoa tudo"

A cada dia, mais e mais pessoas formam seu próprio conceito de Deus, como se ele fosse um ser imaginário, que pudesse ser moldado conforme a conveniência de cada um. 

Essas pessoas não conhecem Deus. 

Veja, se você nunca tiver visto um cão em sua vida, mas acreditar que ele é um animal que voa, sua crença não fará com que os cães passem a voar.
Da mesma forma, acreditar que Deus irá agir ou pensar conforme sua conveniência ou crença, não fará com que isso ocorra.
Então pare de se iludir.
Deus não é o que você quer que Ele seja, Ele é quem é: um ser único, soberano, onisciente, onipresente e onipotente. 
Cabe a nós buscar conhecê-lo e amá-lo, ainda que seus pensamentos ou julgamentos não estejam de acordo com nossos objetivos.
Assim como Deus nos ama como somos, com nossas falhas e limitações, nós devemos amá-lo ainda que, não consigamos compreender  ou concordar com seus desígnios. 
Entenda: bondade não é sinônimo de submissão; liberdade não é o mesmo que libertinagem ou ausência de consequências. Só porque Deus nos ama, não significa que ele irá passar por cima de nossos erros.
Quando compreendemos que Deus não agirá de acordo com nossa vontade e sim de acordo com a vontade e propósito Dele nós nos libertamos de conceitos aprisionadores, que nos impedem de seguir adiante. Deixamos de fazer parte dessa geração "casca de ovo", que se quebra ao menor toque, para nos transformarmos em pessoas fortes, que entendem que os pensamentos de Deus não são os nossos pensamentos. As nossas preocupações não são as mesmas preocupações de Deus.
Enquanto nos preocupamos com o agora, Deus está focado na eternidade; enquanto nos preocupamos com o corpo, Deus se preocupa com a alma; enquanto nos desesperamos com uma leve chuva, Deus já sabe que amanhã o sol nascerá novamente.
Por isso, quando conhecemos Deus e começamos a compreender um pouco de sua essência, nossa fé é fortalecida.
Aprendemos que podemos caminhar sem vacilar, nos caminhos que Ele nos propôs, ainda que as circunstâncias sejam adversas, pois CREMOS que Deus já preparou tudo para que alcancemos nossa vitória.
Aprendemos que devemos colocar a mão na massa e agir, pois Deus não é nosso empregado e não trará nossas bençãos mastigadas e de mão beijada. Teremos que lutar por elas.
Aprendemos que Deus é um ser pessoal e que está disposto a se deixar conhecer, se assim o quisermos, e que cada novo aprendizado sobre Deus adquirimos mais segurança, fé e paz que excede todo o entendimento.
Talvez você esteja passando por algo difícil nesse momento, todos nós passaremos por tribulações em alguns momentos de nossa vida. Mas não se desespere. Ao invés de ter pena de si mesmo, lembre-se que Deus é contigo!
E ainda bem que Ele não é como nós idealizamos, nem obedece as nossas conveniências., pois é justamente por isso que Ele pode fazer muito mais do que pedimos, muito mais do que sonhamos e esperamos.
Então pegue não mão Dele e juntos vocês irão superar todas as adversidades.
Nosso Deus não falha, nosso Deus não dorme e Ele quer que você cresça e frutifique.Ainda que para isso seja necessário passar por fases difíceis. 
Mas lembre-se: Ele não te abandona nunca!
Que tal refletir nessa mensagem e adotar uma postura diferente a partir de agora? Que tal amadurecer na presença do Senhor e ser como a árvore plantada junto a ribeiros de água?
Que tal conhecer Deus de verdade?
Só depende de você.

Disciplina é liberdade



corramos com perseverança a corrida que nos é proposta
Hebreus 12:1


Muitas pessoas se aborrecem com Deus e vivem prostradas se lamentando porque estão atravessando um grande deserto. Vida financeira ruim, desemprego, vida sentimental em frangalhos, obesidade, enfim são inúmeras as queixas e todas vem seguidas de uma revolta: por que Deus permite isso? Por quê?
Mas o que essas pessoas não entendem é que não somos fantoches de Deus. Somos seres dotados de inteligência, capacidade de autodeterminação e livre arbítrio.
Deus nos ajuda sim, principalmente se pedirmos, mas, como já falamos inúmeras vezes por aqui, o que o homem pode fazer Deus não faz.
Então se for murmurar ou orar pedindo para Deus fazer o que cabe a você fazer, infelizmente, você está perdendo seu tempo.
Por mais que Deus se compadeça e o coração dele doa, ele te dirá um sonoro NÃO, pois Ele, como bom pai e em razão de todo o amor que Tem por nós, sabe que precisamos aprender e crescer.
Então, agir como uma criança birrenta não nos leva a lugar algum. Por isso reflita: se as coisas não estão acontecendo, se suas orações não estão sendo atendidas, talvez seja porque você está pedindo algo que cabe somente a você fazer.
Mas talvez alguém diga: ei eu não posso dar emprego a mim mesmo. Já procurei em todo lugar e não consegui nada.
Já mesmo? Tem certeza que fez tudo o que podia?
Muitas pessoas desistem após receberem alguns NÃOS da vida e passam a dedicar seu tempo a lamúrias e reclamações. Se ao invés disso, investissem seu tempo em perseverar, certamente o resultado seria alcançado em bem menos tempo.
Como fazer isso?
Simples: disciplina.
Disciplina é a chave para o sucesso.
Muitos dirão que o sucesso é obtido quando fazemos o que amamos. Mas isso não é verdade. Sucesso é o resultado da associação da disciplina com a perseverança.
Quando fazemos o que amamos o simples desempenhar da atividade nos gera prazer.
O mesmo não ocorre quando fazemos o que não gostamos. Todo o nosso corpo e pensamento contribuem para um não fazer. 
É aí que entra a disciplina.
É preciso se habituar com determinada tarefa ou determinados comportamentos, que nos direcionam para nosso objetivo. Se quero passar num concurso público, tenho que ter a disciplina de estudar todos os dias, embora não goste; se quero emagrecer tenho que ter a disciplina de seguir a dieta todos os dias, embora não goste; se quero um emprego, tenho que ter a disciplina de buscar todos os dias, embora esteja desesperançado.
A disciplina nos dá o controle sobre as atividades que cabem a nós fazer. E ao perseverar nessas atividades, certamente alcançaremos nosso alvo.
Aí sim, quando fazemos tudo o que está ao nosso alcance e perseveramos, sem pestanejar, Deus se move, abrindo as portas diante de nós.
Não se iluda, não existe vitória sem batalha. Você acharia justo, se um atleta despreparado ganhasse a competição? Certamente não. 
E se esse atleta tivesse um acesso de choro em meio a competição gritando que quer ganhar, que sempre perde e que isso é injusto. Você mudaria de ideia? Provavelmente também não.
Para ganhar a competição um atleta precisa se preparar e essa preparação exige muito treino, muita disciplina e perseverança. Não é fácil.
Há renúncia. Há dor. Há privação.
Mas, o atleta conhece seu alvo e seus objetivos e sabe que, no fim, receberá a vitória por seus esforços.
Assim é conosco. 
Algumas vezes sentiremos dor. Teremos que renunciar a muitas coisas. Teremos que nos privar de outras tantas, mas no fim valerá a pena.
Creia, você pode vencer essa batalha que está diante de você. Deus te capacitou para isso. E se o obstáculo for grande demais, faça a sua parte, que Deus fará a dele.
Mas não murmure, não se comporte como uma criança. Persevere e tenha fé.
Não é fácil, mas valerá a pena.
Muitos dos problemas que nos rodeiam fomos nós mesmos quem demos causa, e se fomos capazes de entrar em determinada situação, também somos capazes de sair dela.
Sua vida financeira está ruim? Certamente você pode administrar melhor suas finanças e, assim, conseguir saldar suas dívidas. Se não consegue pensar em nenhuma saída, e simples: peça ajuda! Estude, pesquise. Você é inteligente, você é capaz e a saída para esse turbilhão saltará aos seus olhos.
Sua vida amorosa está ruim? Certamente você é capaz de organizar seus pensamentos e, assim, colocar cada sentimento no devido lugar. Não consegue sozinho? Peça ajuda!
Enfim, não importa qual o seu problema, faça a sua parte. Dê o seu melhor, persevere e creia, Deus te dará a vitória.
E nunca se esqueça: seja disciplinado.

A verdadeira alegria



E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.
João 8:32


A sociedade hoje vive em constante mudança. Nada mais é estável, nada mais é confiável. O tempo passa depressa e muitos valores vem sendo relativizados, em nome de uma suposta inclusão social.
O preço desse progressismo é visto em nossas vidas diariamente: transtornos como a ansiedade, depressão, estresse e síndrome do pânico se tornam mais comuns a cada dia.
E o mais impressionante é que mesmo percebendo que estamos em um carro desgovernado, ninguém pisa no freio. Ao invés disso, descontamos nossos anseios em compras, comida e outros vícios, buscando em vão obter algum alívio ou prazer.
No entanto, não conseguimos nenhum êxito em nossos objetivos. A compra do celular de ponta, que acreditamos que irá nos trazer alegria, na realidade nos traz uma satisfação momentânea. Em poucos dias ou semanas o aparelho já foi superado por outro e nós, sem ter aproveitado a nova aquisição, já não vemos no celular nenhuma fonte de prazer.
Engolimos tão depressa a comida que acreditamos que nos trará satisfação, que nem mesmo sentimos o gosto. Então vamos aumentando a dose a quantidades insalubres, a fim de afogar nossas mágoas em meio a ingredientes gordurosos e adocicados, mas o resultado é apenas obesidade e culpa.
Os vícios somente trazem dependência e nenhum consolo ou paz.
É preciso parar com esse comportamento autodestrutivo.
E não é parar o outro, ou a sociedade ou o sistema.
Cada um deve cuidar de si mesmo.
Ao perceber que algo precisa ser mudado ou melhorado, nós temos o péssimo hábito de querer enfiar essa verdade goela abaixo de nosso próximo. E é por isso que Jesus disse que antes de mudar os reinos, ou seja, antes de mudar o sistema político, é necessário mudar os homens.
O aprendizado é muito mais bem sucedido através do exemplo do que pelo ensinamento. O ser humano aprende por imitação.
Portanto, se adotarmos hábitos e valores melhores para nossas vidas, se vivermos aquilo que defendemos, levaremos através de nossa vida a mudança que o mundo precisa.
Nós precisamos viver a mudança primeiro em nós. Quando essa mudança se tornar a nossa verdade, então os outros poderão nos seguir e melhorar também.
E, para que isso aconteça, é preciso entender que algumas coisas não irão mudar só porque gostamos ou não gostamos, só porque achamos injusto ou injusto. É assim na vida, é assim com Deus.
Não podemos relativizar a verdade, a verdade é uma só.
Não importa se achamos injusto não poder comer o quanto quisermos, o excesso de comida traz enfermidades; não importa o quanto achamos injusto não podermos beber álcool sem sofrer danos, o excesso de álcool gera embriaguez e seu uso contínuo traz enfermidades; não importa o quanto achamos injusta a lei da gravidade, se pularmos de um precipício morreremos.
Precisamos aprender a conhecer e lidar com a verdade!!!
Só então pararemos de nos comportar como crianças mimadas. Só então deixaremos de buscar alívio em fontes erradas, só então cada coisa voltará ao seu devido lugar.
A comida, fonte de nutrição; as compras para suprir necessidades; e os vícios deixam de existir para dar lugara a hobbies.
Quando compreendemos que não podemos mudar o imutável, passamos a caminhar de forma mais coesa e certeira em direção aos nossos alvos. Quando compreendemos que Deus é a verdade e que essa verdade foi moldada de acordo com o caráter Dele, entendemos que não podemos relativizá-la de acordo com a consciência de cada um de nós.
Afinal, o que é bom para um, não é bom para o outro. O que é justo para um, não é justo para outro, mas a lei de Deus, a verdade de Deus, o padrão moral de Deus é um só para todos nós.
Quando compreendemos isso deixamos de perder tempo com discussões tolas, deixamos de nos estressar com tolices e de perder a sanidade buscando alívio em fontes erradas.
Quando compreendemos isso, aprendemos que devemos nos concentrar na verdadeira fonte de alegria e paz, que é Jesus, pois a Alegria do Senhor é a nossa força e só Jesus nos dá a paz que transcende todo o entendimento.
Então, está ansioso? Está estressado? Está com medo? Está nervoso?
Vá orar.
Não importa o quão pesado é o teu fardo, Jesus te promete um fardo suave.
Pare de buscar alívio nas fontes erradas. Saboreie a comida, desfrute e valorize dos bens que Deus te permite ter, não considere todas as coisas ou pessoas como descartáveis.
Jesus é a verdadeira alegria.

O que realmente vale a pena




Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
Mateus 6:33


De repente as coisas deixam de ser importantes, deixam de valer a pena. 
Sabe aquele lindo carrinho que todos os outros meninos tinham, menos você? E aquela boneca caríssima, que sua mãe não pôde comprar? Sabe aquele segredo que você temia que os outros descobrissem? E aquelas roupas que você fazia questão de usar aos 15 anos, lembra?
Pois é, a vida passa.
Muitas coisas que hoje são importantes para nós, amanhã não valerão nada, nem para nós mesmos. Algumas até renderão boas lembranças, mas a maioria delas cairá no total esquecimento.
Daí nasce a questão: 

O que você tem valorizado em sua vida? 

A que objetivos você tem dedicado seu tempo?

Jesus nos orientou a buscar o reino dos céus em primeiro lugar em nossas vidas, pois os tesouros que ajuntarmos lá serão incorruptíveis.
Salomão, por sua vez, nos ensina no livro de eclesiastes que tudo é vaidade, apenas Deus é real e nosso melhor objetivo.
Então, pare por um momento e reflita: será que as questões que vem te causando ansiedade e aflição, realmente merecem tanta atenção?
Será que realmente vale a pena sofrer pelas questões que vem angustiando o teu coração?
Desilusões passam, dívidas passam, amores passam, desejos passam, status passam, a vida passa...
Apenas a palavra de Deus é eterna.
É por isso que não vale a pena se afogar em pensamentos de dor, culpa e autocomiseração. Ao invés de ter pena de nós mesmos, devemos ter fé e olhar adiante, pois o nosso socorro vem do Senhor, que fez os céus e a Terra. Salmos 121:1
É verdade que nem sempre as coisas acontecem como gostaríamos, mas Deus sempre tem o melhor para nós e, algumas vezes, o melhor é dizer não para alguns de nossos desejos

E ouvir não é ruim, dói.
Mas é necessário.


E somente quando nos tornamos maduros é que compreendemos o quanto alguns "nãos" foram necessários em nossa vida e o quanto sofremos por coisas que não valiam a pena. Coisas que hoje fazem parte de nosso passado e nem mesmo nós compreendemos porque nos desgastamos tanto para ter ou deixar de ter. 
Mas Deus é tão maravilhoso que todos os dias ele nos oferece uma possibilidade de recomeçar. Não importa o que aconteceu ontem, o hoje é um livro em branco que podemos preencher e pintar com as cores e histórias que desejarmos.
Então ao invés de se cobrar ou sofrer, viva o hoje. Faça hoje o que não fez ontem. Implemente hoje a mudança que deseja, recomece, faça de novo, reinvente, mas siga adiante, valorizando o que realmente vale a pena.
Deixe de lado as paixões terrenas, deixe de lado o consumismo vão, deixe de lado o status, deixe de lado o que não vale a pena... valorize o que Deus te deu de melhor. Sua vida, sua família, sua história.
Invista em você e viva a vida em abundância que Cristo nos oferece.
Não desanime. Não importa o que te digam, o passado passou e o amanhã é você quem decidirá o que será. Por isso hoje é um bom dia para:

Orar e se aproximar de Deus; 

Procurar aquele amigo que há tanto tempo você não vê;

Ter uma vida de fé, pautada em tesouros incorruptíveis e eternos;

Se declarar para seu grande amor;

Pedir perdão para quem você magoou;

Ler aquele livro que há tanto tempo deseja;

Tirar um tempo livre com sua família;

Recomeçar aquele projeto que você deixou de lado;

Buscar uma nova chance;

Ir a um culto louvar a Deus e ouvir a sua palavra;

Fazer um novo curso;

Adotar um animal de estimação;

Fazer um piquenique; 

Tirar um tempo só para você;

A lista é infinita... mas você pode ir completando cada linha, dia após dia. O importante somente inclua nesses objetivos o que realmente vale a pena.

Edifique seus sonhos na rocha




Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha;
E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha.
E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia;
E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda. Mateus 7:24-27



Nossas vidas são constituídas de sonhos e todos nós desejamos construir algo. Quando somos crianças, é comum responder a pergunta: "O que você vai ser quando crescer?". E já de pequenos nós temos a resposta na ponta da língua: bombeiro, policial, médica, mãe, caminhoneiro... alguns, na dúvida, apontam até mais de uma profissão. Mas uma coisa é fato, o desejo de fazer algo útil, para nós e nossa família é um desejo inato ao ser humano.
Com o tempo e a maturidade, o que era sonho de criança pode se concretizar ou não. Seja porque mudamos de opinião, seja porque as circunstâncias da vida fizeram com que nossos sonhos se distanciassem.
E é quando os sonhos se distanciam ou deixam de existir que abrimos a porta para a frustração. São empregos que nunca aparecem, são diplomas que não bastam para um cargo, são ideias que dão errado, enfim, são inúmeros os obstáculos e injustiças que surgem ao longo da vida, fazendo com que os nossos sonhos se tornem apenas uma utopia. Um desejo de criança, que mora apenas na fantasia.
Mas sabe qual a verdade? Nossos sonhos escorrem por nossos dedos porque permitimos. Ainda que não seja esse o nosso desejo, a verdade é que, quando as dificuldades aparecem, quando as coisas se tornam trabalhosas demais, desistimos.
E, como se não bastasse, além de desistir, nos revoltamos com Deus.

"Por que Deus não me dá um emprego?"
"Por que não consigo por minhas ideias em prática?"
"Por que tudo o que faço não dá certo?"
"Por que fulano tem tanto e eu tão pouco?"

Murmuração, inveja e frustração são sentimentos recorrentes, aos quais torna-se quase impossível resistir. A consequência disso é trágica: a perda da fé.
Grande maioria das pessoas que hoje não creem em Deus ou se afastam dele é porque se decepcionaram com a vida.
Mas o que precisamos compreender é que Deus não é responsável por nossas escolhas.
Ele nos abençoou com o livre arbítrio para que tivéssemos liberdade, mas, por ser justo, Ele também nos atribuí a responsabilidade por cada um de nossos atos e escolhas.
Então, se seus sonhos se perderam no caminho, entenda: Não é culpa de Deus!
Entenda: não é porque as coisas não acontecem como e quando você gostaria, que Deus tenha te abandonado.
É preciso parar de misturar as coisas.
É preciso parar de buscar um culpado.
É preciso parar de impor a Deus o título de "responsável universal" pelas mazelas do mundo.
É preciso coragem para assumir nossos atos e nos responsabilizarmos por nossas escolhas, certas ou erradas.
Quando tivermos a humildade e a ombridade de assumir nossas responsabilidades, metade de nossos problemas se resolverão.
Porque quando assumimos nossa culpa eu passamos a ter mais cautela com nossos atos. Porque a certeza das consequências nos faz pensar antes de agir.

Então que tal mudar de paradigma hoje?

Que tal parar de se lamentar e murmurar contra Deus e tomar uma postura ativa diante da vida?

Que tal passarmos a edificar nossos sonhos COM Deus?

A bíblia assim nos orienta no salmo 37:4: “Mantém a tua alegria em DEUS e não nas coisas que estão ou ocorrem ao teu redor, e assim ELE atenderá aos desejos do teu coração.”
Em outras palavras: quando nosso coração está em Deus, ele realiza os desejos do nosso coração, porque nós e Deus passamos a ter um mesmo alvo, um mesmo objetivo.
Então porque insistir em ter controle de sua vida e seguir por aí como se estivesse em um carro desgovernado? De que adianta perder horas e noites de sono, de que adianta sofrer se há um Deus que deseja estar ao teu lado e te ajudar?
Entenda: a ajuda de Deus não significa não ter dificuldades, mas sim que em cada obstáculo você estará segurando nas mãos do Pai e, se confiar Nele, tudo andará bem.
Com quem você anda edificando sua vida?
Seja como o homem prudente, que edifica sua casa na rocha, que é Cristo Jesus. Entenda de uma vez por todas: "Tudo o que edificarmos sem Jesus, desmoronará".
O império Romano foi um dos maiores impérios do mundo, mas desmoronou. 
A Kodak foi a precursora das máquinas fotográficas e do filme analógico. Faliu.
O Brasil ganhou o título de campeão do mundo cinco vezes, mas na última copa perdeu por 7 x 0.
Enfim, se olhar ao longo da história verá que muitos impérios, muitos sonhos e ministérios ruíram.
Mas há uma coisa que não passa e não desmorona jamais é a palavra de Deus, pois ela é viva e eficaz!
Disse Jesus: O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar.
Mateus 24:35
O que está esperando para mudar? Entregue o controle de sua vida nas mãos de Deus, confie Nele e não tema, pois se o SENHOR não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o SENHOR não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela.
Salmos 127:1

Quando a resposta de Deus é NÃO.



Tive de fazer um exame bem desagradável. Chama-se cintigrafia óssea e serve para ver como anda a saúde de seus ossos. Cheguei ao laboratório e foi quando descobri como era o procedimento: uma substância radioativa seria injetada na minha veia e eu teria de esperar três horas. Ao final desse tempo, voltaria para o laboratório e seria escaneado por mais de uma hora por uma máquina específica. Assim foi feito. Quando tudo acabou, recebi orientações da enfermeira que cuidou de mim e foi então que ela me disse algo que me pegou de surpresa: como eu estava radioativo, teria de passar 24 horas sem encostar, abraçar ou beijar qualquer criança ou mulher grávida.

Bem, nenhum problema quanto à mulher grávida, não havia nenhuma por perto. Mas eu tenho em casa uma filhinha de 5 anos, que costumo agarrar, apertar e beijar a todo momento. Sou um pai bem pegajoso, por isso costumo ter contato físico constantemente com minha bebê. Quando recebi a orientação da enfermeira, percebi que teria de ficar uma noite e uma manhã sem poder tocar na filhota. Não seria nada fácil. E não foi. Pedi à minha esposa que conversasse com ela antes de chegar em casa e já avisasse que papai teria de ficar um dia inteiro sem encostar nela. A bebê compreendeu e obedeceu, mas foi extremamente difícil para ambos ficar distante fisicamente um do outro.

Deus gosta de nos abençoar. Como um Pai amoroso e gracioso, o Senhor tem prazer em conceder galardões, isto é, presentes, prêmios, aos que o amam: “[...] é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que se torna galardoador dos que o buscam” (Hebreus 11:6). Sim, o Senhor é carinhoso conosco e gosta de nos fazer o bem.

Assim como eu tenho naturalmente o ímpeto e a vontade de dar todo amor e carinho a minha filha, o Senhor tem o ímpeto e a vontade de dar todo amor e carinho a seus filhos. Abençoar-nos não é um sacrifício para ele, tampouco exige esforço ou é feito a contragosto: é prazeroso para ele nos abençoar. Do mesmo modo, dar beijos e abraços em minha filha não é nenhum sacrifício para mim, tampouco exige esforço ou é feito a contragosto. É prazeroso para mim fazer isso. Porém...

Diante do fato que eu não poderia beijar e abraçar minha filha, por mais que ela me pedisse, eu teria de dizer não a qualquer pedido dela por carinhos físicos. Do mesmo modo, muitas vezes o onisciente Deus sabe que, por mais que peçamos certas bênçãos a ele, o melhor para nós é não recebê-las. Assim, precisamos entender que, todas as vezes que Deus nos diz não, é porque ele sabe que é o melhor para nós.

Ao longo da noite e da manhã em que em não podia tocar minha filha, ela expressou o desejo de me beijar e abraçar algumas vezes. Vi nos olhos dela a decepção por não poder receber um beijinho de boa noite pelo menos. Mas eu sabia que, naquele momento, dar o que a bebê queria seria o que de pior eu poderia fazer por ela. E Deus sabe que, em muitos momentos, nos dar o que queremos não será o melhor. E, por isso, ele simplesmente diz não aos nossos pedidos, à nossa oração, à nossa súplica.

Quando você pedir algo a Deus e ele não lhe conceder, não se revolte. Não brigue com ele. Não o questione. Agradeça. Dê graças ao teu Pai, com a certeza de que ele sempre faz o que é melhor para você.
----
Texto de Autoria de
Pr. Sérgio Müller

Alimentando o Espírito: I Coríntios 2:9-15





Mas, como está escrito:As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu,e não subiram ao coração do homem,são as que Deus preparou para os que o amam.
Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus.
Porque, qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o espírito do homem, que nele está? Assim também ninguém sabe as coisas de Deus, senão o Espírito de Deus.
Mas nós não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito que provém de Deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus.
As quais também falamos, não com palavras que a sabedoria humana ensina, mas com as que o Espírito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais.
Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.
Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido.

Deus está no controle






Viver é uma aventura, uma aventura perigosa. A estrada da vida está juncada de espinhos, armadilhas e minas prontas a explodirem.

O inimigo nos espreita e busca uma ocasião oportuna para nos atacar. No caminho há perigos, ameaças, montes escarpados, ladeiras escorregadias, pinguelas estreitas, lagos profundos, vales escuros, desertos esbraseantes. As circunstâncias adversas, muitas vezes, conspiram contra nós; situações inesperadas nos deixam abalados; ventos contrários surram com desmesurado rigor o barco da nossa vida.

Somos surpreendidos por tempestades que atingem a nossa saúde, o nosso bolso, o nosso lar, a nossa paz. Somos feridos por setas pontiagudas que rasgam a nossa carne, fazem jorrar o nosso sangue e alagar o nosso leito com as nossas lágrimas. Somos então, amassados debaixo do rolo compressor da angústia, gememos, choramos, sentimos nossas forças sendo minadas, o sorriso apagar-se do nosso rosto, o brilho fugir dos nossos olhos. O cenário parece sombrio, não enxergamos uma luz no fim do túnel, não divisamos solução à vista.

O que fazer nessas horas? Para onde correr? Onde devemos buscar socorro?

 Ser cristão não é ser poupado dos problemas. Cristianismo não é uma apólice de seguro contra os acidentes da viagem rumo à Canaã celestial. O sofrimento faz parte também da agenda do povo de Deus. Neste mundo sempre vamos ter aflições. Aqueles que andaram com Deus neste mundo não pisaram tapetes aveludados, mas cruzaram desertos inóspitos, entraram em cavernas escuras, atravessaram mares encapelados, desceram aos vales sombrios, foram jogados nas fornalhas ardentes, trancados nas prisões, empurrados para as arenas, lançados nas fogueiras.

 O próprio Filho de Deus, imaculado, impoluto e sem jaça, quando pisou nesta terra bebeu o cálice do sofrimento: foi perseguido, insultado, abandonado, negado, traído, esbofeteado, cuspido, pregado numa cruz.

O nosso sofrimento não deve ser interpretado como ausência do amor de Deus por nós. Ele sofre conosco. Ele é compassivo. Nossa dor é a sua dor. Os nossos gemidos são os soluços de Deus. Não sofremos porque Deus está distante de nós ou nos castigando. Mesmo quando ele nos disciplina, sua motivação é o seu amor, seu propósito é a nossa santidade. O nosso sofrimento nunca é maior do que a consolação de Deus. Nosso vale nunca é tão profundo que a misericórdia de Deus não seja mais profunda.

 O bálsamo de Deus sempre é eficaz para curar todas as nossas feridas. A alegria de Deus é temperada com as nossas lágrimas e a paz que excede todo o entendimento jorra do trono de Deus ao nosso coração mesmo nas noites mais escuras do nosso sofrer.

 Mesmo quando sofremos, Deus está no controle das circunstâncias, para consolar-nos, levantar-nos, fortalecer-nos e usar-nos como fontes de consolação. O nosso sofrimento é pedagógico: ele nos ensina a perseverar, ele nos proporciona experiência com Deus, ele abre dentro do nosso peito uma fonte de esperança no Deus vivo. O nosso sofrimento é leve e momentâneo se comparado com as glórias que nos estão reservadas no céu; ele produzirá para nós eterno peso de glória acima de toda comparação.
 

Por isso, se você está sofrendo, não fique deprimido nem desanimado, mas levante a cabeça e saiba que Deus está no controle. Na jornada da vida, por mais estreito que seja o caminho, ele o segura pela sua mão, o guia com o seu conselho eterno e depois o receberá na glória!

 * Fonte: Palavra da Verdade

Não se envolva em discussões tolas



Hoje em dia o mundo tem uma nova moda: opiniões e teorias. Tem pra todo gosto, das mais inteligentes as mais inúteis. E, estar a margem desse boom de conhecimento, manifestado através de memes, textos em redes sociais, vídeos, áudios e discursos acalorados, para muitos é sinônimo de falta de inteligência.
O resultado é uma sociedade dividida em vários grupos e subgrupos. Se você tem cabelo liso, pertence ao grupo A, se é alto pertence ao grupo B, se come carne ao grupo C, se gosta de esporte ao grupo D e assim sucessivamente.
As próprias  pessoas fazem questão de se inserir em determinadas categorias e assim, se sentem mais aceitas e seguras socialmente. Afinal, fazer parte de um grupo, teoricamente, te faz mais forte, pois já não anda só.
Sabe o que Jesus diz sobre essa conduta?

E, se um reino se dividir contra si mesmo, tal reino não pode subsistir; E, se uma casa se dividir contra si mesma, tal casa não pode subsistir.
Marcos 3:24,25


E é exatamente o que temos visto. Brigas e mais brigas, por todos os lados, de pessoas, amigos, colegas, familiares, que defendem a ideologia A ou B. O que elas ganham com isso? Apenas estresse e inimizade.
Veja, ter opinião não é errado. Mas impor seu ponto de vista a outras pessoas e não respeitar os dela, além de ser uma violência, é uma imensa estupidez. É um ato que não nos leva a lugar nenhum.
É por isso que a palavra de Deus nos orienta a nos afastarmos das discussões tolas, elas só trazem contenda e nunca uma solução:

Rejeita as discussões tolas e absurdas, visto que geram contendas. 2 Timóteo 2:23

Certamente em algum momento você já teve a experiência de ouvir a voz de Deus dentro do teu coração te dizendo: não diga nada, você irá se aborrecer.
Talvez você esteja pensando: "Imagina, não tem nada demais. Tenho que defender minha opinião."
Não se iluda, as más conversações corrompem os bons costumes. 1 Coríntios 15:33

Procura esquivar-te das conversas frívolas, que só contribuem para a impiedade.2 Timóteo 2:16

Isso quer dizer que Deus quer que você se afaste das "tretas malignas" que se apresentarem diante de você, para evitar que você se corrompa em meio a conversas inúteis. Sobretudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida. Provérbios 4:23

Não entre em discussões tolas, ao invés disso, invista seu tempo em semear palavras de bondade, amor e edificação na vida daqueles que cruzam o teu caminho.
Pare de passar horas e horas nas redes sociais debatendo o sexo dos anjos. Pare de investir horas e horas em conversas inúteis, que nada te acrescentam e invista em você, na sua família, naqueles que te amam, em especial em Deus.

tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai.
Filipenses 4:8 

A oração do justo tem muito poder em seus efeitos e certamente te trará muito mais resultados do que meia dúzia de agressões gritadas ou digitadas.
Então se discordar de algo, ore. Se vir coisas que te incomodam, ore.
orai sem cessar.
E que a tua palavra seja agradável aos olhos dos teus semelhantes pois,  A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira. Pv 15:1
Deus te convida a construir uma vida de paz. Você não precisa fazer parte de um grupo A ou B, para se sentir mais seguro. Não precisa defender esta ou aquela ideologia para ser inteligente. Você não precisa impressionar ninguém, você é especial e único do jeito que  é, você é a geração eleita, o sacerdòcio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz; 1 Pedro 2:9

E nunca se esqueça que Deus é sempre contigo. Você nunca está só.